terça-feira, 14 de setembro de 2010

Comentando Elfen Lied: Volume 04



E para quem está acompanhando o mangá pela Panini, esse foi um volume cheio de surpresas e revelções inesperadas. Tivemos inicialmente o retorno de Bando e seu mau humor caracteristo, agora recuperado e todo remendado disposto á tudo para ficar frente á frente com um demônio chamando Lucy, temos que reconhecer que ele realmente é corajoso, não é qualquer um que gostaria de ficar frente á frente com a Lucy que parece estar sempre de TPM. Nesse volume Arakawa faz uma pequena participão, deixando um gancho interessante para o volume seguinte, já que esteé quase que completamente em torno das memórias de Lucy e Kouta. Lucy que despertou de seu sono no laborátorio do mal carater professor Kakuzawa ( que é filho do Kakuzawa chefe, não confudem ein), depois de ouvir todo seu mimimi, Lucy impaciente arranca-lhe a cabeça e sai pela cidade, enguanto Kouta se desespera atrás de Nyu. Kouta que depois de deixar Yuka pra trás, dessa vez á leva junto na procura, mas eis que no meio do caminho começa á chover forte e eles se refugiam em um templo. Com a desculpa de aqueçer Yuka do frio que ela estava sentindo, á poe em seu colo e é ai que começa o esfrega-esgrega e rala-rala, e cara, essa Yuka nunca me enganou, que SAFADA!. xD


Bem, Kouta não fica atrás neh, e ainda bem que não, nosso protagonista não é desses bananas que morrem de medo de encostar em uma garota, mas voltando á cena em questão, mesmo eu rindo não há como negar que é uma cena extremamente erótica. E meritos á Lynn que soube fazer essa pequena cena de pegação entre Yuka e Kouta, sem deixa-la vulgar e digam o que disserem sobre a Yuka, ela é gostosa, certo?


Enguanto isso Lucy continua vagando e perdida entre suas memórias passadas. E é através dessas memórias que tomamos conhecimento de que Lucy e Kouta foram amigos quando eram crianças e alguns motivos que levaram Lucy, ao estado em que ela se encontra atualmente. Morando em uma especie de orfanato, Lucy pensa ter sido abandonada pelos pais, devido á seus chifres e desde então tem vivido sosinha e mesmo cercado de crianças por todo o lado, ela continua sosinha, mas isso não é o pior. Lucy sobre bullying de um pequeno grupo de crianças, e quem cresceu assistindo aqueles filmes americanos pré-adolecentes ou infantis, sabem como crianças podem ser maldosas quando querem. Alias, nem é preciso ter assistido nada, basta apenas ter sido uma criança mais retraida ou digamos..."diferente" das demais para provar na pele como crianças podem ser tão más e sádicas quanto a Takano Miyo de Higurashi No Naku Koro Ni, personagem essa que também sofreu na pele o horror do bullying e da solidão. Mas afinal, o que é bullying?


É um termo inglês utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo (bully - «tiranete» ou «valentão») ou grupo de indivíduos com o objetivo de intimidar ou agredir outro indivíduo (ou grupo de indivíduos) incapaz(es) de se defender. Também existem as vítimas/agressoras, ou autores/alvos, que em determinados momentos cometem agressões, porém também são vítimas de bullying pela turma.




E não importa quantas vezes você assista ou reveja essa cena, ela sempre será algo dificil de se digerir, principalmente para quem já sofreu com bullying. Ainda que eu ache que no anime, essa cena ficou muito mais dramatica, talvez pelo fato de ser animada e ter mostrado um pouco mais da crueldade dos garotos, olhando pelo mangá de modo algum é cena que se possa passar batida. Ver o sorrisinho sadico da garotinha em que Lucy confiou seu segredo, da vontade de pega-lá e encher de palmadas. Mas Lucy disse algo bem interessante, veja abaixo:

"Fiquei feliz de me abrir com ela, mas quando fui ver, o orfanato era cheio de crianças infelizes. E todas procuravam alguém que fosse mais infeliz do que elas pra descontar suas frustrações. E crianças...tendem á ser muito cruéis com quem é mais fraco que elas."




Para a casa do caralho quem diz que os motivos da Lucy são futeis, fracos e mais um monte de mimimi. Experimente dar um pouco de poder para um ser humano que passou por tudo que ela passou. Será que se percebe que mesmo o ser humano mais pacifico, tem uma fera adormecida dentro de sí? Mas então, sem fugir muito do assunto, vamos adiante. Lucy perde completamente sua fé na humanidade e após o despertar de seus vetores, ela deixa sua magoa á dominar e dá ouvidos para aquela vozinha interior, que á manda acabar com todos, antes que esses á fassam sofrer também. Aqui sabemos que há uma outra personalidade adormecida em Lucy além da Nyu, que os cientistas de Elfen Lied tratam como a "voz do DNA diclonius", aquele ser que quer apenas a completa extinção da huminidade para poder propagar a nova especie.


Mas dai, Lucy conhece Kouta, que á trata de igual para igual, os dois se tornam amigos e Lucy acaba apaixonada por ele. Kouta ainda da para ela uma pedra de "jade", que será extremamente importante no volume final, notem que ela escreve um bilhete e coloca dentro de uma garrafinha, a enterrando junto á uma pedra.


O problema de pessoas solitárias, quando encontram alguém especial, que á trata com carinho e atenção, é a possessividade, o desejo de posse. Quem assistiu Black Rock Shooter, viu um exemplo claro disso, entre as personagens Mato e Yomi. Mas aqui é um pouco mais complicado, pois Lucy está verdadeiramente apaixonada por Kouta, e uma mulher enciumada é capaz de tudo. Literalmente! Kouta receando contar para Lucy, que vai ao festival com sua prima Yuka, acaba escolhendo o caminho mais fácil e diz á ela que irá com um garoto, não sabendo ele que cometeu um erro fatal. Viram só senhores homens? Tomem cuidado quando forem mentir para uma garota e peguem outro caso como exemplo, a Kotonoha de School Days hehehe, não querem acabar como o Makoto neh?


Ainda no trem, onde Kouta conta a pior mentira de sua vida, Lucy ciente que não tem controle sobre seus poderes e nem sobre sua mente, pede á Kouta que a mate. Não sei se deveria dizer isso, mas essa cena também é um importante gancho para o ultimo volume. Memorizem-na. E ainda temos outros ganchos, um bem interessante é quando Kanae da para Kouta, as conchas em que Nyu quebra no primeiro volume, deixando Kouta completamente fora de si. No festival temos Yuka tentando sem sucesso fazer uma Katanuki, que segundo o glóssario do mangá, é uma brincadeira tradicional de barraquinhas de festival, a pessoa tem que pegar a placa que é feita de açucar e caramelizada, com a silhueta de uma desenho,a brincadeira se consiste em destacar essa silhueta, usando uma agulha. Como ela não conseguia, Kouta toma á frente, mostrando como se faz, mas Yuka promete se tornar otima nessa brincadeira, eis ai mais um gancho ja ultilizado em algum capitulo anterior.


Kouta já de partida, se despede de Yuka, que o abraça, nesse exato momento aparece Lucy e flagra toda a cena, descobrindo que até mesmo o garoto que tanto amava, tinha mentido para ela. Seu mundo cai e não houve como ser racional diante de tais circunstancias, dê poderes á uma mulher enciumada e se sentindo enganada e você verá o que acontece. Lucy fica parada em meio á multidão, completamente perplexa e é nesse momento que veem á tona todos os momentos dolorosos que já passou na mão de algumas pessoas e ainda aparece um idiota, que á empurra contra o chão, não sendo suficiente aparece outro e uma pequena multidão se junta perante ela. Nesse momento surge novamente aquela voz interior, que á manda matar todos á sua volta e Lucy canssada de tudo, se deixa levar pela magoa e rancor, matando á todos em volta e Kanae assiste á tudo. Ela conta para Kouta, que não lhe da ouvidos. No trem depois de mais uma discussão entre os dois irmãos, Kanae acaba ficando de frente com Lucy que acaba partindo-a em dois e fazendo o mesmo com o pai dela e de Kouta. Ele fica em estado de choque, chegando ao ponto de confrontar fisica e verbalmente a pessoa que acabara de matar sua familia. Logicamente que a pergunta que ele fez foi; "por que? Se ela era sua amiga" e tem como resposta que o unico motivo dele ainda estar vivo, é que ela o considera um amigo. Esse choque faz com que Kouta perca todas as memorias desse fatidico incidente e de Lucy. E assim se encaminha para o final o quarto volume de Elfen Lied, Lucy, Kouta e Yuka frente á frente, na escadaria do templo, deixando para os proximos volumes toda tensão e dramaticidade que cerca esse passado tragico que ambos compartilham.

"As pessoas até podem te dar compaixão, mas aquele preconceito enraizado nas almas delas ainda vai existir"



Dessa vez, para infelicidade geral não temos extra, que se não me engano, retorna no proximo volume. Mas temos um humilde coméntario de Lynn Okamoto;

"Chegamos ao volume 4 de Elfen Lied. Cada vez que é publicado um encardenado do meu mangá, fico com medo de ninguém querer comprar. Porém, é graças á vocês, que têm comprado estes volumes, que eu posso continuar esta história. Sei que minha arte continua pobre, mas espero que eu possa agradar esses fiés leitores , mesmo que seja um pouquinho. Nos veremos de novo."


É interessante notar que, como ele reconhece que sua arte é pobre, pois temos mangakás que se acham a ultima bolacha do pacote, mesmo que a arte não seja lá grandes coisas, mas que acaba vendendo pelo fator história, erredo, trama. Elfen Lied é um mangá que vale sim, muito á pena comprar e aparti de agora, a arte de Okamoto vai ficando menos "pobre" e um pouco mais aceitavel para o público mais exigente. Mesmo adaptando muito coisa, a tradução da Panini continua ótima e essas "adaptaçoes" feito por elas, são mais do que aceitaveis. Dou pulinhos de alegria sempre que lembro que o mangá não foi parar nas mãos da jbc. Mesmo com todos os atrasos e a ira que a dona Panini provoca em seu publico, a qualidade que ela trata seus mangás ainda é algo á se elogiar, e tomara que continue assim, principalmente com o mangá de Elfen Lied, certo?

4 comentários :

Anônimo disse...

Ano passado li o mangá através da internet (após ficar alucinado com o anime) e confesso que me decepcionei com o traço do mangaka. Mas realmente a trama compensa, e muito. Assim que encontrar os mangás aqui em Salvador eu os compro!

Vou sempre ficar de olho nessas resenhas!

Anônimo disse...

pessoal eu ja assisti o anime, ainda nao vi o manga, mas to loco pra ve ,pq axei mto bom esse anime mas keria saber se ainda vai haver continuaçao.

Wellington disse...

pois é esse mangá eh mto bom pois eu tenho ele *---------* nao vendo nem troco tbm nem dexo ninguem toca u.u meu meu =3 : tambem tenho o numero 5 *---------------*

Blog do Alê Sandro disse...

Só queria comentar, q no bullying muita gente pensa q só tem 2 personagens, o agressor e a vítima, mas se esquecem de um 3º personagem q faz muita diferença no bullying e o nome dele é público é ele quem ri das graças do agressor e faz a vítima se sentir humilhada, então antes de rir de alguém vamos pensar 2 vezes se colocando na situação da pessoa...

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.