sábado, 11 de dezembro de 2010

Influências: Mamoru Kanbe & Elfen Lied - Parte 02


Oi pessoas, acho que chegou a hora de dar seguência a parte 1, sobre influências. E dessa vez com um olhar voltado para a pessoa responsavél por levar o nome de Elfen Lied a sétima arte. Exageros a parte, eu não sei se você é uma pessoa que costuma reparar os minimos detalhes das cenas quando assiste um anime, mas eu sou um pouco paranoica com isso. E assistindo Elfen Lied, uma coisa me chamou a atenção, maõs da Lucy; ou sendo mais especifica, os dedos da Lucy, que formam um sinal mistérioso. Esse sinal aparece em diversos momentos, e talvez, no primeiro momento você tenha reparado mas não tenha dado atenção. Na epoca eu fui atrás e não tive muito sucesso em saber do que se tratava exatamente. 

Esse símbolo aparece em momentos distintos e é possível ver esse sinal, no primeiro momento na abertura do anime:



 

 

 

Ele volta á aparecer no ultimo episódio, quando Lucy abraça Kouta:


E por ultimo, veremos novamente esse sinal em uma imagem promocional da série:


-----------------------------------------------------------------------------------------------

Muito se especula sobre o real significado desse gesto, mas mesmo os estudiosos não estão bem certos de sua origem e significado. Mas é possível ver em quadros e gestos de celebridades esse sinal, que não é fácil de se faze-lo pela primeira vez e exige um pouco de pratica para que se torne bem natural.

Mas, o que exatamente Mamoru quis passar com esse gesto? "A mão com o dedo anelar e o dedo médio fechados. Quando um crime é comedito. Quando você se deparar com dificuldades. Foi colocado a beira do desespero. Continue a cantar, mesmo com dor no peito." Inácio Loyola -Excercícios Espirituais-


E isso tudo é muito bonito, podemos olhar pelo lado poético e bolar mil teorias a respeito. Mas creio que o motivo do uso desse sinal em Lucy, é apenas mais um homenagem de Mamoru á um grande artista, dessa vez ; El Greco, um dos pintores mais famosos e talentosos do mundo. Ele tinha um estilo dramático e expressivo,  valorizando os sentimentos e emoções espirituais, com abordagem de temas religiosos. E sua característica de dramatizar em vez de descrever, se faz presente na abertura de Elfen Lied. Note que para uma abertura de um anime tão sangrento e violento, tudo parece muito calmo, mas ainda assim pela expressão dos personagens, tom e letra da musica Lilium, percebe-se todo um drama.
O despir-se de Cristo 1557-1579
Muitos dizem, que essa inspirarão nasceu desse quadro (acima), onde cristo faz o mesmo gesto, El Greco representou Cristo ao centro, destacado em meio à multidão que o cerca. No anime os personagens recebem  o mesmo destaque, ao contracenarem com as "sombras" de cor azul.

-----------------------------------------------------------------------------------------------


Em algumas obras de El Greco, percebe-se a presença desse sinal na mão de seus personagens, há algumas hipóteses de estudiosos sobre o que seria esse gesto, onde levaram em conta perspectivas históricas e religiosas. Especificamente a obra "A mão de El caballero" (El Caballero de la mano al pecho
-1584-), é tema de analise freguente, onde a mão do personagem é colocada sobre o peito. A primeira hipótese (e a na minha opinião, a mais furada) é que seria um sinal secreto de origem no judaísmo.

A segunda, seria que o gesto indica a espiritualidade jesuíta, que apela para o pecador, onde este coloca sua mão em seu peito depois de cometer um pecado, seria algo indicando uma dor moral.

Minna-san, descobrimos o tesouro secreto de One Piece!!! Comemorem! -- Certo, pra quem não entendeu nada agora nesse ultimo parágrafo, saiba que foi uma tentativa fail de soar engraçada. Mas voltando ao que interessa, acho que essa segunda opção, é a que melhor se aplica ao anime e a mensagem que o Mamoru Kanbe talvez quis passar. E se vocês voltarem na opening, onde Lucy é abraçada pela manequim imagem azul e depois onde é abraçada, ela passa um ar sereno, de tranquilidade e o abraço é algo bem simbólico, podendo significar o perdão ou o lugar onde você encontra segurança. No ultimo episódio, onde Mamoru foi o responsável direto (assim como no primeiro episódio) pela animação e storyboard, quando Lucy e Kouta se abraçam, novamente o tão falado gesto. E foi logo após, onde ela conseguiu enfim o perdão de Kouta. Voltando a opening, temos a Lucy com a mão no peito, juntamente com o gesto. Sua expressão é de dor.


Bem, e é isso, como eu disse, existem outra teorias, mas não é nada que interesse ou acrescente ao assunto em questão.

Bem, pode se dizer que os animes em que Mamoru esteve na direção, praticamente todos tem algum ponto em comum, e em Princess Comet (Princesa Cometa em português), á alguns fatos que nos leva a fazer um analogia entre os dois animes pra chegar na resposta da pergunta acima.

-----------------------------------------------------------------------------------------------


Mamoru Kanbe é conhecido, por sempre levar algo que ja tenha trabalhado, para seus projetos futuros. Assim como Manoel Carlos está para o Rio de Janeiro, Mamoru Kanbe está para Kamakura (Japão). E se tratando dessa cidade, Elfen Lied e Princess Comet tem muito mais em comum que simples cores e trilha sonora. Situações parecidas, personagens enfrentando o mesmo tipo de dificuldade, pode se dizer que não é mera coincidência e sim storyboards muito parecidos. Abaixo uma seqüência de cenas, entre Princess Comet e Elfen Lied. *Princesa Cometa e Nyu, são extremamente moe*









Lembrando que, Princess Comet veio um pouquinho antes de Elfen Lied.

-----------------------------------------------------------------------------------------------


Mamoru Kanbe, ao lado da miniatura da Princesa Cometa, ele que é sempre muito cuidadoso com a trilha sonora dos animes que dirige, e não somente trilha sonora, mas todo aspecto tecnico. As animações sempre saem bem fluidas, assim como o character designer dos personagens.

Entre as obras que ja produziu, deixo em destaque Cardcaptor Sakura (1998-2000), que para a época em que foi concebido, teve uma animação fora de série. Princesa Cometa (2001-2002), outro mahou shoujo, que apesar de ser infantil, contava com temas profundos. Talvez um dos que mais se aproximem de Elfen Lied. Elfen Lied (2004, 2005), I "s Pure (2005), Baccano! (2007), Shugo Chara (2008) Letter Bee (2009), SoRa No WoTo (2010) e o  atual Tegami Bachi Reverse (2010) que ainda não tive a chance de conferir, fora este, pude conferir todos os outros e são excelentes, principalmente Baccano e I''s Pure (pra quem gosta de romance com drama). 


-----------------------------------------------------------------------------------------------



Do mesmo diretor do anime de Elfen Lied, Mamoru Kanbe, em SoRa No WoTo podemos ver a forte influência do diretor, que idealizou uma arte belissima baseado nos mudras. E olhando as imagens e a opening do anime, é dificil não fazer uma comparação direta com outro anime de Mamoru; Elfen Lied. E não é sempre que temos a oportunidade de ver a arte retratada de maneira tão bela em um anime. Detalhe que a música de anbertura é cantada em alemão.


O que são mudras?

Mudras são gestos simbólicos que são associados aos buddhas. Esses gestos são muito utilizados na iconografia hindu e buddhista. É uma palavra com muitos significados e caracterizadas como gestos, posicionamento místico das mãos, como selo ou como símbolo. As posturas simbólicas dos dedos ou corpo podem significar ou representar determinados estados da consciência. Mudras são usados por nós sem que o conheçamos ou inconscientemente. O gesto que simboliza Heavy Metal por exemplo é na verdade o Tarjani Mudra que, ironicamente, é um gesto de proteção contra o mal. O Hang Loose que muitos surfistas usam, é o Aprakasha mudra.

Os mudras são originários da Índia, e foram levados para a China e o Japão pelo monge Kobo Daishi e aperfeiçoados pelos Ninjas. No Japão os mudras são chamados por Kei In e Ketsu In, e fazem parte do Budismo Mikkyo.

-----------------------------------------------------------------------------------------------


Nos animes Naruto, Mai-Hime e no próprio Sora no Woto é possivel ver claramente os sinais de mudras, mas enfim, não vou me aprofundar muito nisso. O sinal acima, creio que seja o Mudra Vitarka que seria o gesto da explicação.


O queixo na palma da mão em concha com os dedos apontados para o céu é a posição para chamar, a deusa da preguiça, o gesto simboliza o ócio. Okay, não leve isso a sério, realmente eu não entendo nada de mudras e não sei o que esse gesto significa. Mas eu costumo fazer muito isso viu, principalmente na sala de aula. 


Como eu disse mais acima, é difícil não fazer uma comparação com a abertura de Elfen Lied. Isso porque o caracter designer da opening de Sora no Woto é claramente uma referência a Gustav Klimt. Ele usava muito o pó de ouro em suas obras, deixando-as com esse tom dourando, que é sua marca registrada. 


As imagens aparti do tema de abertura de Sora no Woto, vem de uma obra chama friso Beethoven, criada por Klimt, para o que seria a ultima homenagem a sucessão de Viena (e continua em exposição ate hoje), caso se interesse, pode saber mais, clicando aqui. Abaixo, você pode clicar na imagem para ampliar e ver com mais detalhes, mais uma homenagem de Mamoru á Gustav Klimt. 

Gustav Klimt


-----------------------------------------------------------------------------------------------

 "Eu percebo que combater o terror nas animações, é um pouco imprudente"

Em uma de suas entrevistas para o site Animenetwork, Kanbe revela que começou na indústria do anime, como assistente de produção em Kaze no Tani no Nausicaa e que originalmente, ele desejava dirigir filmes live-actions, mas que devido aos tempos difíceis que a indústria passava, não estavam contratando ninguém. Ele estreou como diretor, em uma curta metragem educacional ;Super Mario no Koutsu Anzen. E desde então ele tem se envolveu com grandes projetos como Sakura Card Captor e ficou mais conhecido com o anime de horror; Demon Prince Enma. 

Kikoushi Enma (Demon Prince Enma)


Ele fala sobre Elfen Lied e diz que, pode parecer um anime casual, mas definitivamente não é para os mais fracos. E que o drama se desenvolve de forma convincente, sublinhados de comentários preocupantes sobre a natureza humana e outros temas de peso.  "Todo mundo quer a salvação", comenta Kanbe, "um lugar onde possam relaxar e ligar para casa, e ter pessoas em sua vida que possam te oferecer essas coisas. Essa é a mensagem."


***Falando sobre Elfen Lied***

Pergunta: Tem sido relatado que Elfen Lied veio para você através de seu amigo e planejador de série, o escritor Takawo Yoshioka, porque ele pensou que não era um anime adequado para a maioria das pessoas, mas você sentiu que poderia fazê-lo como uma história de amor que " leva os espectadores às lágrimas. " Havia qualquer coisa que te levou a aceitar o projeto?

MK: Provavelmente o maior recurso da história original é o fato de que os personagens que você pode pensar que são os personagens principais ou, pelo menos, personagens que são muito importantes para a história são subitamente mortos. Fiquei absolutamente perplexo por que foi a primeira vez que li o mangá. Outro grande apelo para mim foi como as emoções dos personagens são verdadeiramente fortes. Algumas pessoas criticam a história por sua falta de consistência, mas eu senti que a forma como é mostrado a emoção de cada personagem, foi o que realmente fez isso atraente. As emoções são apresentadas de forma honesta e despretensiosa.

Pergunta: Você também sugeriu que o fato da trama ocorrer em Kamakura foi um grande apelo. De que forma esse lugar é especial para você?

MK: Eu tinha feito um anime em Kamakura, antes deste, mas no projeto que eles me passaram, disseram para não incluir qualquer aspecto ou elementos japoneses porque eles queriam que o título tivesse uma chance melhor de ganhar dinheiro no exterior. Eu não pude mostrar os telhados, tatames, templos, santuários ou qualquer coisa que pudesse parecer "japonês". Quando você tira todo esse material, Kamakura realmente não é mais Kamakura, então eu nunca consegui fazer isso da maneira que deveria ter sido feito e foi o que sempre me incomodou.
Quando veio a mim o plot de Elfen Lied, uma das coisas que me atraiu foi o fato de que o mangá foi ambientado em Kamakura e o apoio da produção foi de tal forma que eu sabia que seria capaz de fazer o ajuste certo desta vez. Pessoalmente, eu realmente gosto de Kamakura como qualquer outro lugar, apesar de eu ser duramente pressionado para dizer apenas sobre o que me atrai nela. Acho que combina comigo como algum tipo de ligação emocional. Seja o que for, só sei que cada vez que vou a Kamakura eu tenho esse grande impulso otimista e uma incrível sensação de bem-estar, ao mesmo tempo.

Pergunta: A primeira coisa que os telespectadores reparam, é como a abertura é sombria e bonita. O que inspirou você a usar a arte de Gustav Klimt como um atrativo?

MK: Aberturas sempre tem de ter algo brilhante, enérgico e poderoso, com muita velocidade e força. Ela é, invariavelmente chamativa e realmente extravagante, é por isso que eu gostei de fazê-la. Mesmo agora eu odeio produzir aberturas, e eu não sou muito bom em faze-las também. Mas a pintura de Klimt é uma das que eu gostava quando mais novo, e eu tive a idéia de projetar uma abertura em torno dela por algum tempo. O problema é que era tão distante do que é normalmente exigido em uma seqüência de abertura que eu nunca tive a chance de fazê-la. Mas eu tive sorte no projeto Elfen Lied. Uma série de fatores contribuiu, mas basicamente era exatamente o tipo de ambiente onde eu poderia começar a fazer algo como essa idéia, então achei que seria melhor levar um tiro caso não conseguisse, era a última chance que eu recebi. Eu acho que foi um caso muito raro, fazer que tudo se juntasse assim.

Pergunta: Como você trabalhou com Seiji Kishimoto para refinar os designs dos personagens, e quais foram alguns pontos-chave que foi discutido?

MK: É, a arte Kishimoto é muito bonita, então basicamente eu só lhe disse para fazer os personagens de forma fácil para ele desenhar. Fora isso, eu perguntei para ele se podia fazer os projetos elegantemente estilizados*, como se vê nos quadrinhos de garotas. Eu queria que fosse um olhar mais realista, com imagens perfeitas. Mas, na verdade, eu tenho a impressão de que a arte mais feminina, como no estilo mangá não era realmente o forte de Kishimoto.

Pergunta: Yoshioka observou que no planejamento de Elfen Lied, ambos tomaram um rumo diferente. O mangá ainda está sendo serializado, e você teve que ajustar para que pudesse dar um ponto final na história. Quais foram algumas das suas alternativas?

MK: A primeira idéia era Kohta fazer uma investigação na outra ilha e salvar a Lucy que estava capturada. Mas, em seguida, discutimos a possibilidade de desviar o foco para solucionar as questões emocionais em vez de gastar o nosso tempo para amarrar todos os acontecimentos á um nível gráfico. Isso era porque [até certo ponto] nós realmente estreitamos o estado emocional de Lucy. Havia também a questão da morte de Mariko no mangá. Eu estava me perguntando se nós poderíamos terminar a história, com isso, e acabar com a cena de Nana chorando sobre o seu macarrão e ela se lembrando dos momentos finais com a Mariko. Enfim, é verdade que discutimos muito antes de nós encontrarmos um caminho para a discussão dessas idéias, de certa maneira funcionou.

Pergunta: Elfen Lied não se coíbe de retratar a violência gráfica. Como foi dirigir um anime com tais elementos e que estava programado para ir ao ar na televisão?

MK: Se você quiser falar sobre a violência, o mangá original tem muito disso também. Eu não quero que as pessoas pensem que eu fui resistente no uso do material na versão anime, então eu decidi me focar apenas nele. Eu não tinha certeza se a rede de tv iria deixar eu seguir adiante em uma transmissão regular, mas eu pensei que eu poderia começar jogando tanto quanto possível dessa violência no anime e depois recuar, sempre iam me dizendo que já era o suficiente.
Senti que no mangá, os acontecimentos são fora do comum. Seguimos praticamente no mesmo nível e  todas as cenas de eventos horriveis de violência, é algo bem comum, como comer uma refeição, por exemplo E eu queria enfatizar que isso ainda mais fortemente na versão anime. Uma vez eu decidi ir nessa direção, eu não acho que eu tive muita dificuldade com isso de uma forma ou de outra. A parte realmente difícil sobre fazer tantas cenas de brutal violência uma após a outra é a maneira que ela esteja psicologicamente. Ele começa a entorpecer-lhe de uma forma. Isso é o que era difícil para mim.

NT: O desenho estilizado (ou estilização) é o desenho que é modificado, como por exemplo, a cadeira redonda, que no desenho estilizado se torna lisa


-----------------------------------------------------------------------------------------------


Nossa, como eu demorei pra dar seqüência á esse artigo, mas eu simplesmente não andava muito afim de ficar pesquisando. Mas essa foi a parte 2 e ficou enorme, talvez um dia (quem sabe) eu faça a parte 3. Espero que não sejam como eu, que fique com preguiça de ler textos ernomes ou então voltem quando a preguiça passar.  


-----------------------------------------------------------------------------------------------



Fontes:

11 comentários :

borbs disse...

deve ter dado um trabalhao pesquisar isso, mas ficou excelente. Gostei da visão do diretor sobre o anime.

t+

Pedro S. Ekman disse...

Me assustei com os dedos xD

Vida longa e próspera (ou quase)

Sinta-se feliz por ter terminado de escalar essa montanha, eu sei o trabalhão que é organizar um troço desses.
Parabéns Beta Roberta =}

Linkin Park Fã disse...

Ai puxa, foi mau, mas eu naum consegui entender muito bem o q significa a mão assim. Tem como, sei lá, fala num pequeno resumo "for donkeis"?? Eu so meio dificil d entender... T-T

Roberta Caroline disse...

WOW meu bem, pode ser isso: " mão em seu peito depois de cometer um pecado, seria algo indicando uma dor moral."

ou

Apenas uma referência ao pintor EL Greco. ^______^

Obrigadinha Pedro <33

Sakura disse...

parabens, otimo post

Linkin Park Fã disse...

hu... isso tava escrito lá!? Foi malz, so meio tonta mermo.

Mas eu adorei o post, e acho bem q vo ver esse Demon Prince Enma. Pelo trailer parece ser phoda ^^

InuMirin (inumirin@hotmail.com) disse...

Nossa, eu nem tinha reparado nesse lance dos dedos, vou começar a prestar mais atenção nesses mínimos detalhes.

E a parte 2 é tão boa quanto a primeira, analisando os detalhes mais escondidos... Foi muito legal ter comentado o diretor (o gênio por detrás do anime) e eu nem imaginava que le tinha trabalhado em CCS.

Para uma parte 3 seria legal comentar o mangaká, ou alguns detalhes do mangá, em geral.

Roberta Caroline disse...

Ótima dica, já esta memorizada, pode sim render um excelente post. ^__^

Anônimo disse...

Até onde eu sei esse "sinal" com os dedos, é uma saudação muito usada entre maçoms e algums grupos satanistas, estilo os "chifrinhos" que os roqueiros fazem com as mão, e vamos ser francos esse elemento se encaixa perfeito na lucy, ja que ela comete homicídios bastante crueis e satanicos haushaushasus. Se não acreditam, que o significado desse jesto seje realmente satanico, pesquisem no youtube, e google pra tirarem suas proprias conclusões.

Roberta Caroline disse...

Olha,dizer que é satanista é algo bem vago...convenhamos. Mas cada religião tem lá suas crenças néh. Mesmo os simbolos que os roqueiros fazem não podem ser considerados satanistas. Mas há religiosos que acreditam cegamente que são e como gosto de ocultimo, eu já vi a versão espirita para esses gestos. A versão cristã nem é preciso pesquisar pra saber o que pensam ^_^

Anônimo disse...

cara isso me intrga a bastante tempo pois ja notei este sinal em uma porçao de outros animes!!!

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.