sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Gantz: Para amantes de animes sanguinolentos


Gore, muito gore manolo, um protagonista pervertido e" miserável", além de uma pitada caprichada de hentai. Estou falando de...Gantz, um anime repleto de sangue, dramas humanos, ação, questionamentos, sexo, pensamentos medíocres que passam pela cabeça dos personagens, ou seja, este é um anime que você pode chamar de "foda". Sem mimimi ou firulas, ele vai direto ao ponto, tornando se um anime impactante do inicio ao fim e que sempre sonhei poder falar sobre ele aqui. Gantz que é volta e meia está sempre sendo comparado a Elfen Lied (e vice-versa) por causa de sua extrema violência, mas digamos que é apenas nisso e nos protagonistas incrivelmente criveis humanos, com seus pecados para queimar, mas que nem chegam perto de serem pessoas horrendas.




Gantz é uma adaptação do mangá de mesmo nome, de autoria de Hiroya Oku. O mangá é serializado desde o ano 2000 na revista seinen (voltada para um publico jovem/adulto) Young Jump da editora Shueisha, onde Elfen Lied também foi publicado. Atualmente, o mangá se encontra no volume 28 e está sendo lançado pela Panini aqui no Brasil. Mas qualquer coisa sobre o mangá, pretendo falar em outra oportunidade, vou falar exclusivamente do anime, que ficou a cargo do excelente Estúdio de animação Gonzo (Red GardenWelcome to the N.H.K./ Saikano), que fez uma primeira temporada do anime com 13 episódios e logo em seguida uma seqüência direta com mais 13 episódios.

A sinopse é a seguinte: Kurono kei, um jovem de 16 anos que morre juntamente com seu amigo Masaro Katou, quando tentavam praticar uma boa ação, ajudando um mendigo a sair da trilha do metro, mas eles
não conseguem voltar a plataforma a tempo e têm seus corpos despedaçados. Logo apôs este ocorrido, os dois são transportados para uma sala, onde outras pessoas que aparentemente também tinha morrido, estava aguardando ordens de uma misteriosa esfera negra com um homem dentro, este é chamado de Gantz. Depois de uma série de desentendimentos, eles se vêm como participantes de um terrível jogo sanguinário e violento comandado pelo sádico Gantz. Eles precisam vencer os desafios propostos pela esfera negra, de nome Gantz, para conseguirem um nova oportunidade de voltarem a vida.


Do mesmo jeito que Elfen Lied, Gantz não é para pessoas fracas, mas digo que para quem está acostumado com esse mudinho trash, violento e sexual dos animes, é bem mais digerível, pois mesmo fazendo uso de excessiva violência para contar sua história, Gantz não da ênfase a isso (isso é algo completamente normal nessa série e você se acaba acostumando com a presença do blood) e sim ao comportamento humano diante de uma situação onde suas vidas dependem de seus atos. Gantz, tem drama, mas é se pode dizer que seja um anime genuinamente dramático, a premissa é muita ação com muita violência que deixam qualquer um vidrado e exaltado do outro lado.

Apesar de conter muita violência e sangue pra todos os lados, Gantz tem uma história e segue um fio condutor, ao contrário de por exemplo, de Genocyber que não se justifica tão bem.


Começamos com o protagonista do anime, que é um autêntico personagem badass (fodão), inicialmente ele não passa de apenas um adolescente presunçoso, arrogante que odeia o mundo inteiro e se acha o melhor do universo. Isso eu acredito, que já tenha deixado algumas pessoas com uma certa antipatia por ele, mas desde o inicio, eu gostei bastante de como ele era (desgosto de personagens certinhos demais), por ser crível demais, ou seja,   comete erros e tem um caráter falho, como qualquer pessoa comum. Digo que é dificil não sorrir diante de seus pensamentos, que por muitas vezes são pervertido (como por exemplo, enxergar sua professora e colegas de classes nuazinhas e ficar de p** duro. @.@).

Mas seu destino (e conseqüentemente sua personalidade) começa a tomar uma forma diferente quando encontra um antigo amigo de infância; este é Masaro Katou, um jovem de comportamento exemplar, que tem uma índole honesta e que está sempre disposto a ajudar os outros. Ele virá a se tornar um líder espontâneo e
ponto referencial para Kurono Kei, que inicialmente repudia o amigo de todas as formas. Mas veremos com o tempo que, Kurono aprende a admirar Katou e mesmo que ainda exista uma invisível rivalidade entre os
dois (somente por parte de Kurono, claro) eles se tornam muito unidos. Katou que, aparenta admirar bastante Kurono e esta sempre relembrando momentos de sua infância com ele, representa o tipo de personagem que é bom e cheio de ideais, sendo capaz de dar a vida por aquilo que acredita, mas que felizmente não cai no maquineismo barato, e veremos que mesmo ele é passional e falho como qualquer humano, cometendo erros e deslizes.
Pode ser que tenha sido uma maliciosa tramóia do destino ou forças ocultas agindo na obscuridade, mas ironicamente Kurono é destroçado tentando salvar aquele que julgava como escoria da humanidade e ainda ajudando aquele que para ele atualmente não passa de um inútil, seu antigo amigo de infância, Katou. A cena em que os dois morrem é alucinante e em meio aos vários pensamentos das pessoas que presenciaram a fatídica cena, vemos o quão doentio pode ser a mente de alguém. Alias, como já disse ali em cima, essa é a premissa básica de Gantz, pois ele não é o que há de pior ali e sim os humanos participantes de sua "brincadeira".


Para completar o trio protagonista do anime Gantz, tem ainda a bela e desejada Kei Kishimoto, que é telestransportada completamente nua para os braços de Kurono. Temos ai o inicio da obsessão de Kurono por Kishimito, que para seu desespero terá olhos somente para Katou. A parte que trata do desenvolvimento dos personagens ocorre de forma marcante e surpreendente. Se no inicio Kurono se mostra um jovem egoísta, individualista inseguro e pervertido, com o tempo temos a chance de acompanhar seu crescimento, assim como de Katou e Kishimoto.


O jogo em que nosso personagens terão que participar caso queiram uma nova chance de vida, podemos chamar de missões, onde eles terão que enfrentar desafios propostos por Gantz, como por exemplo, matar alienígenas que se escondem na terra, sem que os humanos consigam perceber sua presença. A caracterização dos personagens, diante de algo tão surreal, é realista até demais. Tem momentos que é difícil não se irritar com os personagens hesitantes diante das tais criaturas. Cada alien morto, é sinônimo de pontos ganhos para o personagem que puxou o gatilho ou usou a força bruta, pois além de armas, eles ganham um uniforme, capaz de lhes garantir habilidades bem peculiares. Quem atingir uma certa quantidade de pontos, consegue garantir seu retorno a vida.


O anime retém informações e deixa muitas questões no ar, provocando em quem assiste uma sensação de "quero mais". Mas se você acompanha-lo, com a intenção de ver acima de tudo conflitos humanos e um excelente desenvolvimento de personagens, ao seu final não tenho dúvidas de que estará extasiado. Alguns personagens têm que encarar uma face mais terrivel que a da morte, os próprios seres humanos que os cercam, alguns carregam traumas profundos e dramáticos. Mas que com o decorrer dos episódios, se tornam mais fortes e confiantes para fazer aquilo que se acredita ser o certo, é difícil não se emocionar em algumas cenas. Se prepare e não se apegue muito a determinado personagem, pois em Gantz qualquer um pode morrer definitivamente. Para um anime de 26 episódios, o enredo se segura muito bem em todos os momentos, e mesmo quando você começa a sentir uma sensação de que tudo está parado demais ou que você já começa a achar que sabe o rumo que a trama terá, Gantz te surpreende. O enredo tem tantas reviravoltas que você já não se sente seguro de nada e fica completamente perdido e dormente em meio á uma trama que parece querer se tornar perigosamente psicológica. Mas calma, pois todas as respostas que se precisa, o anime dará. Para os amantes de teorias e de tudo que acontece no universo, a unica maneira é ir correndo ler o mangá, que por incrível que pareça consegue ser melhor e mais completo.


Gantz é um anime obrigatório para amantes desse mundinho trash sanguinolento, mais ainda por contar uma história que te prende desde o primeiro episódio até o seu grande final. Quem procura esse tipo de série, não pode reclamar de ecchi ou de cenas hot, pois isso sempre foi o trunfo de obras ditas como "terror", sejam elas realmente assustadoras ou que apenas mantém um cenário encantador pertubador. Sexo, nudez, quilos de tripas espalhadas pelo ar e ainda com aliens muito sinistros, que te fará ter pesadelos a noite ou rir (wow, eu tenho medo de estátuas de Buda @.@).


O anime em si não revelada nada sobre a trama (que no mangá só começa a despontar no cap. 23) e segue com um final original. O anime compreende os três primeiros arcos da história e criando algo completamente inédito nos cinco últimos episódios. Mas permaneceu do mangá toda a violência, nudez e sexo. No geral, o anime consegue ser muito fiel ao mangá, com cenas idênticas. A Gonzo, neste anime conseguiu mais uma vez se sobressair, usando recursos 3D que também estavam contidos no mangá, como prédios, armas e cenários.


A trilha sonora não chega a ser marcante, mas é um alivio ao termino de todo episódio escutar a voz doce e angelical de Bonnie Pink, com sua romântica “Last Kiss”, que nos deixa um clima saudosista e meigo no ar. Assim como animação contida na ending, também mostra claramente o que é o anime e o relacionamento entre Kurono, Katou e Kishimito, é bem simples que ataca diretamente no ponto certo. A opening não tem uma animação feita especialmente e conta com varias imagens e takes dos episódios.A música de abertura é composta pela banda Rip Slyme e se chama “Super Shoote". Apesar de gostar bastante de J-pop, confesso que não gostei dessa mistura de hip-hop com batidas eletrônicas, mas assim como "Last Kiss", também casa muito bem com todo o clima frenético que o anime nos passa em seus momentos de pura ação e adrenalina. Além do fato dela grudar em sua mente como chiclete. E claro, os temas incidentais, que são incríveis.


Gantz é um desses animes que merecem estar em qualquer lista de melhores animes da década de 2000. Se este tipo de anime faz sua cabeça e ainda não assistiu, o que esta esperando? devore logo ele e passe para o mangá.

Gênero: Ação, Drama, Terror, Ficção científica, Seinen, Ecchi.



32 comentários :

julio pq disse...

Nossa Roberta-cha, recordar é viver ein? GRANDE CLÁSSICO. Já assisti esse animes duas vezes e me emocionei, vibrei e me diverti nas duas. Tem aqueles pseudo-criticos que metem a lenha e aqueles fãs xiitas do manhá, mas é inegavel que em termos de adaptação Gantz supera muitos titulos por ai. Ta certo que no finalzinho ele fez umas modicações que ao meu ver não caiu muito bem, mas no geral é um excelente anime sim.

Também deixo aqui minha recomendação para os "novatos" no mundo Gantz. Lendo seu post, fui no youtube ver alguns videos e me deparei com essa preciosidade: http://www.youtube.com/watch?v=9YqbO68p1Vc

e corram que o mangá de Gantz está chegando ao sue final, sinto isso. Alguém ai ja viu o filme?

Álex disse...

gostei muito do anime
mas eu fiquei louco com o final e fui ler o mangá
que a propósito é muito bom mesmo

Mah disse...

òtima postagem para um ótimo anime. Semana passada conseguir deixar meu primo viciado no mangá, que é fora de serie de tão bom. Se a pessoa não for mt moralista e não se importar com ecchi ou guro, não tem como ela não se vidrar nesse anime. E como ja disseram ai, o anime é como um brinde para os fãs de gantz, ler o manga é indispensavel pra se entender o mundo Gantz

Natália Fontanna disse...

gostei, quero assistir esse desenho *___*

ALONE disse...

" Qual será a verdade após a morte?
Para onde vamos?
Será tudo um jogo?
Gantz é violência, sexo, medo.
Roteiro, artee uma animação fantástica.
Se voce acha que sozinho pode tudo, Gantz mostrará a voce quem realmente manda."

O anime tem suas limitações, mas o texto acima resume tudo.

Jones disse...

Cara GANTZ e adibal, ja vi o anime e é muito bom, mas o manga ta longe já, nem vo falar nada rpa naum dar spoiler rs. Só pra galera ficar ligada ja ta saindu o live-action neste ano.

Jones disse...

Só pra deixa o site oficial do GATZ live-action:
http://gantz-movie.com/

Yuuko disse...

Mas o filme já foi lançado Jones, esta pra sair agora o segundo filme.

Eu assisti e digo que fiquei muito frustrada por não terem colocado o cachorro no filme. Acho que em termos de comparação, ficou melhor que o live de Death Note.

Queria traçar mais comentários, mas não quero estragar a surpresa de ninguém, sugiro que o dono do blog disponibilize tags de spoilers.

優子

Antonio e Manu s2 disse...

O anime é ruim e idem para o filme. Muito corrido, não nos da tempo para sentirmos empatia. A menina que faz a Tae é gostosissima, mas muito fora dos padroes pra personagem. O anime é aquela coisa, vale apenas pra ve seus personagens se movendo, as cenas de ação e tudo mais. Mas em questão de consistência, ele não se sustenta sozinha. Ao meu ver, uma adaptação que não se sustenta, não pode ser digna de elogios. O caso de Gantz é o mesmo desse anime Freezing ai.

Sakura disse...

eu tenho até vontade de ver, mas tenho medo. Com elfen lied eu ja fiquei meio traumatizada, imagine com um anime que mostra até sexo, sem falar que se minha mae descobre que ando assistindo coisas assim, fuuu

Lamb disse...

reclamar da ausência do cachorro no filme é muita falta de sacanagem e logico que seja um filme, teriam que compactar muitas coisas e agilizar outras. É outra linguagem ué!
Digo o mesmo com relação ao anime e nada a ver comparar com Freezing, a adaptação do anime foi muito fiel, apenas optarão por um final diferente, como em Claymore, mas pixar o anime só por causa disso é falta de sacanagem.

Felipe disse...

SHOW, TERMINANDO DE VER O ANIME, CORRAM PARA O MANGÁ QUE ESTA CADA VEZ MELHOR

Felipe disse...

E LEGAL VER A MULHEREDA OPNANDO. QUASE NUNCA VEJO MULHERES FALANDO SOBRE GANTZ.

Roberta Caroline disse...

Claro claro Felipe, mulheres também amam Gantz, mas você sabe neh, normalmente os homens dominam o ambiente e fica difícil mostrar a carinha ^_^

Como eu não vi o filme, não poderei tecer comentários a respeito do que vocês falaram ai :)

E valeu pelo link Jones, vou dar uma conferida, estou mega curiosa sobre esse filme. E falando do anime, tem que se levar em consideração que é uma adaptação e como disse o Hiroya em uma entrevista, o pessoal do Estúdio Gonzo fez o que pode pra que ficasse o melhor possível e ficou. Adaptaram o final de uma forma que nem todos aprovaram, mas não havia alternativa, na época o mangá ainda estava bem no inicio e nem tinha mostrado realmente a que veio, certo?

Bêh Sama disse...

bom D++++ o anime


seria legal se tivesse o cachorro Butter-Ken muahmuahmuahmuah O proximo filme deve ter a presença dos vampiros, ou seja, nada de alienigenas. Mas ate que gostei do filme.

Summer and Mitsuki disse...

Como sempre esse site está impecável 8D
Só tem uma coisa em Gantz que eu acho bizarra: A abertura do anime.
Pertubadora,no mínimo.

Jones disse...

Ha sim é verdade o primeiro ja saiu, tanto é q assisti ontem 0.0
Concordo com a parada do DOG, mas fico imaginando o diretor se matanto pra fazer as cenas hauhauhahuha.

julio pq disse...

Eu achei um link, agora só me falta arrumar tempo pra assisti-lo, mas pelo comentários fiquei um pouco desanimada ja.

Mau Mau disse...

Eu conheço Gantz de longa dada mas nunca me interessou. Sei la, acho que sempre fiz uma ideia errada por causa do que outras pessoas falavam em foruns da vida. Mas lendo o seu artigo, pareceu ser bem interessante, tirando claro toda essa parte sexual que aparenta ter. Vou conferir.

Pedro S. Ekman disse...

E dalhe Gantz \o/

Só falta Berserk agora 8D

Jhon Almeida disse...

E dalhe Gantz \o/

Só falta Berserk agora 8D [2]

Eu particularmente gostei da adaptação em anime, claro se me perguntar se gostei do final criado vou dizer que não, mas era o que dava pra fazer alí.
Nada a ver a comparação que o carinha alí em cima fez com Freezing, Gantz até onde pôde foi fiel ao mangá, já Freezing tá esculhambando com a ótima história e potencial que o mangá oferece mudando tudo que aparece pela frente.
Gantz eu comparo a Claymore, um ótimo anime adaptado de um mega mangá, com um final que frustrou muitos.

Anônimo disse...

Na minha opinião Gantz não se compara com Elfen Lied , Gantz é meio fraco, fora que no começo eles fica com aquela putisse que não atira nos outros , Assisti Gantz e não me emocionei da mesma forma que me emocionei com Elfen Lied , Elfen Lied é muito superior a Gantz.

Summer and Mitsuki disse...

Como sempre esse site está impecável 8D
Só tem uma coisa em Gantz que eu acho bizarra: A abertura do anime.
Pertubadora,no mínimo.

Felipe disse...

E LEGAL VER A MULHEREDA OPNANDO. QUASE NUNCA VEJO MULHERES FALANDO SOBRE GANTZ.

Sakura disse...

eu tenho até vontade de ver, mas tenho medo. Com elfen lied eu ja fiquei meio traumatizada, imagine com um anime que mostra até sexo, sem falar que se minha mae descobre que ando assistindo coisas assim, fuuu

Yuuko disse...

Mas o filme já foi lançado Jones, esta pra sair agora o segundo filme.

Eu assisti e digo que fiquei muito frustrada por não terem colocado o cachorro no filme. Acho que em termos de comparação, ficou melhor que o live de Death Note.

Queria traçar mais comentários, mas não quero estragar a surpresa de ninguém, sugiro que o dono do blog disponibilize tags de spoilers.

優子

Antonio e Manu s2 disse...

O anime é ruim e idem para o filme. Muito corrido, não nos da tempo para sentirmos empatia. A menina que faz a Tae é gostosissima, mas muito fora dos padroes pra personagem. O anime é aquela coisa, vale apenas pra ve seus personagens se movendo, as cenas de ação e tudo mais. Mas em questão de consistência, ele não se sustenta sozinha. Ao meu ver, uma adaptação que não se sustenta, não pode ser digna de elogios. O caso de Gantz é o mesmo desse anime Freezing ai.

Mah disse...

òtima postagem para um ótimo anime. Semana passada conseguir deixar meu primo viciado no mangá, que é fora de serie de tão bom. Se a pessoa não for mt moralista e não se importar com ecchi ou guro, não tem como ela não se vidrar nesse anime. E como ja disseram ai, o anime é como um brinde para os fãs de gantz, ler o manga é indispensavel pra se entender o mundo Gantz

Anônimo disse...

AAH ROBERTA! tem q fazer um post falando do manga :< ia ficr legaal, vlwww
o mnga de gantz é incomparavel \õ/ bom demais
hyaa kero q saia logo os ultimos volumes T.T

Anônimo disse...

Alguem sabe de qto em qto tempo lançam o manga do gantz?

O Mundo escuro de Morringhan disse...

Não sou muito de assistir mangá. Mas li vários volumes de Gantz *.* Um dia espero ler tudo. O anime foi muito bom também. Mas assisti apenas uma vez. Foi bem chocante, sei lá. As cenas animadas, a dublagem, as OSTs, dá muita vida à trama e choca mais que o mangá (eu acho, ao menos).

Danielz disse...

Já vi GANTZ e gostei bastante do inicio. Porém achei o final meio estranho, e assistir meio forçado. Parece que foi tudo rápido de mais, sei lá.
Obs: Não li o manga, mas pretendo ler.

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.