domingo, 6 de março de 2011

GOSICK #09 - Victorique é uma Rozen Maiden


Oi, ta todo mundo se divertindo no carnaval néh? E eu aqui. Mas eu não me importo, posso botar minhas séries em dias, mangás e livros. Sabe que sempre quando vejo perguntas por ai, de qual é o melhor anime da temporada, dificilmente eu vejo Gosick figurando em primeiro da lista, mas o anime está sempre ali, como um dos melhores. Gosick sempre vem com uma regularidade muito interessante, desde sua estréia e com desfechos muito coerentes e envolventes. E desde o ultimo arco, que o enredo vem se mostrando numa crescente, seja na construção de todo cenário conflituoso em volta de Victorique ou dos casos apresentados. Independente de qual seja o episódio da semana, não há perda alguma para os personagens, sempre há um desenvolvimento, por menor que seja.




Neste episódio #09, um novo arco se inicia e novamente Gosick flerta com o lado sobrenatural, o que eu acho muito bacana. Gosick sendo um anime propriamente de mistério e suspense, aproveita muito bem essas nuances que esses elementos dispões, mas claro, toda série detetivesca que se preze, precisa encontrar a melhor solução pro caso, sem apelar pro lado sobrenatural.


Kujo precisa ir até a cidade de Saubure, a pedido de sua irmã, que lhe enviara uma carta com uma lista de coisas que ele deveria comprar. Avril aproveita para amedronta-lo, lhe contando mais uma das varias lendas urbanas que povoam o anime. Como na lista, consta um intrigante pedido, (uma rosa azul) Avril lhe explica que na verdade sua irmã deseja é uma replica de um lendário Diamante Azul. E será em torno disso que toda ação do episódio irá se desenvolver inicialmente.


Nesse episódio, Kujo da a Victorique um quimono, mas ela simplesmente não sabe a maneira certa de usa-lo e acaba pegando um resfriado. Ela estava incrivelmente kawaii e moe, ainda que imersa em pensamentos sobre o vários acontecimentos do episódio anterior. E o fato de que, mesmo seguindo uma formula de arcos, todos os episódios seguem uma linha continua e sem grandes saltos de tempo, o que torna a experiência de assistir Gosick ainda mais prazerosa, pois nota se mais claramente a evolução do roteiro.


Como ela fica resfriada, Kujo parte sozinho para Saubure. Espere ai, sozinho não, ele e Grevil acabam se encontrando. O que talvez pudesse significar uma clara tentativa de mostrar um Kujo mais astuto e sendo capaz de se virar sem a Victorique, termina de uma forma que mostra, que o talento dela em organizar o caos vai ser de suma importância. Kujo de alguma forma, acaba se envolvendo em uma série de confusões, como quando acaba ficando frente a frente com o Diamente Azul e se encontrando com uma estranha garota num porão escuro. Como o fato de Kujo ter visto o Damente Azul e ter se encontrado com a estranha garota que se escondia no porão vão se interligar, eu não sei, mas da pra especular.


O que vemos a seguir é um Grevil incapaz de pensar e Kujo sendo seqüestrado quando tentava entrar em contato com Victorique. Como se percebe, o lado do suspense ou mistério, apesar de agradável, não é o que realmente encanta no anime e sim como todo caos se junta, envolvendo seus personagens. Este foi um episódio bem divertido e com ares aventurescos. Os cenários de Gosick continuam excelentes e o que é aquela casa onde Victorique mora, rodeada por um labirinto? Se ela já se assemelha e muito as personagens de Rozen Maiden, com uma casa que lembra instantaneamente uma casinha de boneca, isso ficou ainda mais em destaque. Isso tudo são meros detalhes, mas que evidenciam em como Gosick é um anime sem grandes pretensões, feito unicamente pra entreter e faz isso muito bem. Alias, eu queria ver a Victorique de Quimono, já imagino quão fofa não deve ficar. E vou citar mais uma vez a seiyuu da Victorique, Aoi Yuki, que está mostrando uma desenvoltura excelente na composição da personagem. Victorique entediada, Victorique mimada, Victorique séria, Vic...tá, tá. Sempre de uma forma muito natural, ela consegue se mostrar bem versátil, em uma personagem que fora criada longe de todos e não costume demonstrar muitas emoções, então as entonações e variações de humor, precisam sempre respeitar sua personalidade.

7 comentários :

Augusto disse...

acordei a pouco e fui assistir o anime. Achei bem mediano esse episódio, ou tera sido a ressaca? Parabéns pelo blog, descobri aqui hoje e gostei bastante.

Jones disse...

Esse epi foi tipow, casa de boneca, resfriadinhu, quimono enrolado, caras e bocas de Victorique = MOE TOTAL.Vomitei arco-iris. XD
Sem +s..
Bjoca Carol

julio pq disse...

Victorique >>>>>>>>>> ALL

Jhon Almeida disse...

E quando a gente pensa que nossa VictoriKAAAAAAAA não pode ser mais kawaii/moe/gracinha(Hebe Camargo???) do que já é, ela vem e pega um resfriado. Fugui? HUAHAUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUA

♫ KIMONO! KIMONO! KUJO GA KURETA, KIMONO! HUMMMMMMMMMM! HUMMMMMMMMMMMMMM! KIMONO! ♫

Cara juro que nesse momento abri um sorriso enorme na boca e fiquei com cara de retardado rindo sozinho dessa guria. hihi

Roberta Caroline disse...

agora que vi seu comentário Jhon, RI ALTÃO.
Hebe Camargo? OMG! Mas confesso que a Victorique esta roubando o lugar no meu coração demoniaco, que antes era da Ushio, de Clannad. Hm...mas ainda espero, um dia ter uma filha como a Ushio.

borbs disse...

Esse foi o melhor episódio de Gosick, conseguiu unir bem tudo em um frasco só. E o grande destaque é sem dúvidas a Victorique, como em todos os episódios, ela consegue arrebatar corações, mas neste ela se superou. Minha crítica é quanto ao garoto, Kujo, que eu entendo bem se tratar de uma escada, um personagem de apoio para a Victorique, mas excepcionalmente nesse, onde ele ficou quase todo o episódio longe dela, poderia ser mais que um saco de carne inútil.

Moranguinha disse...

estou assistindo 2 animes, esse e Hourou Musuko. Eu gosto mais de Hourou, mas essa é bem legal também.

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.