quinta-feira, 24 de março de 2011

Ichiban Brasil: Votando nos melhores de 2010


E ai, quem gosta de participar de enquetes, premiações e coisas do gênero? Eu não participo de muitas, principalmente daquelas burocráticas demais e sem muita representatividade. Mas votei hoje no Ichiban Brasil, que não nos obriga a votar em todas as opções e tem um sistema de votação bem simples (além de ser uma iniciativa dos blogs que sou leitora), ou seja, dez minutinhos do meu tempo e já teria votado em tudo. É verdade que o prêmio do Ibichan Brasil (assim como em outras varias premiações da net) é simbólico, mas para quem é fã, ver sua obra reconhecida é algo muito legal e a premiação se mostra com vontade de crescer e se tornar um importante meio de representatividade da cultura pop, se conseguirá só o tempo dirá.

Ichiban Brasil

Bem, o Ichibian é uma premiação para os melhores do ano anterior da cultura pop japonesa. Então eu deixo aqui minha dica pra todos os interessados, só clicar no banner ou aqui e ser feliz.

Mas eu não vou apenas fazer propaganda, vou falar um pouquinho mais sobre a premiação e as opções que escolhi.



Votando na categoria anime


Foi a mais longa das que eu votei, mas ainda que tenha ficado algumas séries de fora, no geral as opções estavam boas e diversificadas. Justificando minhas escolhas nesse post, novamente escolho Angel Beats como o melhor anime, mesmo em um ano que tivemos séries importantes e de destaque como Durarará e Shiki. Particularmente eu acho injusto colocar OVAs de séries que ganharam animes na tv juntamente com as que ganharam somente no mercado de vídeo, leia-se DVD/BD e por isso a minha escolha é Black Rock Shooter, em um único episódio isolado conseguiu contar uma boa história, sem depender de uma versão animada. Como melhor filme foi difícil escolher entre o da Haruhi e  Higashi no Eden, mas The Disappearance of Haruhi Suzumiya (O Desaparecimento de Suzumiya Haruhi) foi incrível e em 160 minutos conseguiu ser superior á serie de tv (e não me refiro a qualidade técnica). Na parte de decepção do ano, teve as manjadas opções de Heroman e Iro Man, mas como não assisti nenhuma dessas bombas, minha escolha foi Ore no Imouto mesmo, que tinha um potencial enorme mas foi um festival de vergonha alheia e a culpa não foi da pobre Kirino (que de pobre não tem nada), que é uma boa personagem (mesmo sendo irritante ao extremo) e sim da péssima adaptação que recebeu. Eu até achei que foi um bom anime no geral, mas minhas expectativas foram mais altas do que com HOTD.

Não tive dúvidas ao escolher o Kyon (Suzumiya Harihi) como melhor personagem masculino, pois o mar de protagonistas medíocres que assolam os animes hoje em dia é incrível. A Celty de Durarará é maravilhosa e conseguiu ser mitológica, deixando de lado o fato de ser um motoqueira sem cabeça e se tornando uma personagem com uma boa história e um desenvolvimento excelente dentro da trama. Fiquei realmente surpresa ao ver o nome da Maya Kumashiro (Seikimatsu Ocult Gakuin) na lista, ela sem dúvidas foi uma das melhores personagens de anime do passado, mas desse vez eu não pude votar nela, mas só dela ter sido reconhecida já é ótimo. O grande Prêmio Moe Moe Kyun eu dei pra minha queridinha Tachibana Kanade, pois mesmo fazendo inicialmente um papel de antagonista no anime de Angel Beats, conseguiu manter toda aquela áurea angelical, doce e meiga que se espera nesse tipo de personagem.  As personagens de Keion como já era de se esperar, estavam presentes com todo o seu moe, mas já viraram arroz de festa. A minha único dúvida ficou com relação a Ika Musume (Shinryaku! Ika Musume), o anime é excelente e a personagem é ótima, mas ela não se mantém moe o tempo inteiro como suas adversárias. E se tem prêmio moe, porque não, uma premiação para os personagens masculinos mais lindos? E foi nisso que se consistiu o prêmio Ikemen. Mas deixo uma crítica, pois ao contrário do termo moe, nem todo mundo sabe o que significa ikemen, não é um termo globalmente conhecido (ou estou enganada?) e muitos poderiam ficar na dúvida, poderia ter uma parênteses ou nota explicativa no rodapé da votação com alguns termos. Meu voto foi bem obvio (hehehe),  Takumi Usui (Kaichou wa Maid-Sama!) e se eu fosse aqui dizer todos os motivos dele ser o meu eleito....néah garotas!?


Ainda tivemos a escolha de melhor OP, que eu escolhi a de Kuragehime, tal qual foi minha escolha aqui. A ED não poderia ser outra que não fosse Durarara!! com a viciante "Trust me", que além de contar com uma música tema de alta qualidade e que casou bem com o estilo do anime, a animação do encerramento foi muito original. A série que teve a melhor trilha sonora na minha opinião foi Panty and Stocking with Garterbelt, que mesmo com concorrentes de peso como o forte moe das garotas de Keion e a excelente banda fictícia Girls Dead Monster do anime Angel Beats, as irmãos endiabradas soltaram o vozeirão e conquistaram a todos com sua rebeldia. Tente escutar no volume máximo a faixa 09, intitulada "Juice" e vocês verão o que é ousadia musical (qqq). Na briga para o melhor Estúdio de animação, temos grandes competidores, mas o ano foi da Kyoto Animation que conseguiu convencer com a segunda temporada de K-on!! e o filme da Haruhi. Production I.G, SHAFT e Production I.G pela ótimas séries que produziram e a qualidade tecnica acima da média merecem menção honrosa. Experimente assistir Kimi ni Todoke e depois assistir uma animação de Kaichou wa Maid-Sama, é de doer as vistas. Queria que mais shoujos pudecem receber o mesmo tratamento que Kimi ni Todoke recebe da Production I.G.

Delirante clip de D. City Rock (Anarchy), incrível @.@ NOTEM AS REFERÊNCIAS

Melhor Série: Angel Beats!
Melhor OVA:  BLACK ROCK SHOOTER
Melhor filme:  Suzumiya Haruhi no Shoushitsu
Maior decepção:  Ore no Imouto ga Konnani Kawaii Wake ga Nai
Melhor personagem masculino principal:  Kyon (Suzumiya Haruhi no Shoushitsu)
Melhor personagem feminina principal:  Celty Sturluson (Durarara!!)
Melhor personagem feminino coadjuvante:  Hideyoshi Kinoshita (Baka to Test to Shokanjuu)
Premio moe:  Tachibana Kanade (Angel Beats!)
Prêmio Ikemen: Takumi Usui
Melhor abertura:  Kuragehime (Koko Dake no Hanashi)
Melhor encerramento:  Durarara!! (Trust me)
Melhor trilha sonora:  Panty and Stocking with Garterbelt
Melhor estudio:  Kyoto Animation


E na votação de Mangás, que foi divida entre Shounen/Seinen e Shoujo/Josei, foi bem mais simples de votar devido as poucas opções. A lista de shounen ficou bem balanceada, só não entendi como que o semi-desconhecido Worst estava fazendo ali no lugar de Naruto. Eu não sou fã de Naruto, mas independente do que eu ache da série, em uma votação que tem a pretensão de ser popular, a falta dele é algo a se discutir. Mesmo que não dê pra incluir tudo, quando se fala em destaques, Naruto tem seu lugar ao sol e os fãs devem ter si doído de não ter a opção de votar nele. A categoria seinens estava repleto de mangás undergrounds, até parece que não tivemos grandes destaques no seinen em 2010, quando não foi verdade isso. Os titulos populares foram Giant Killing e Black Lagoon, eu votei nesse segundo e não, não foi por ser popular, mas porque ele é realmente um ótimo titulo, principalmente pra quem curte girls with guns. Como melhor autor seinen/seinen eu votei em Naoki Urasawa, mas por tudo que ele já produziu, ainda que eu goste de seu mais recente mangá, Billy Bat, não chego a considera-lo como destaque em 2010. 

Melhor Shounen: Bakuman
Melhor Seinen: Black Lagoon
melhor autor: Naoki Urasawa

Já na votação de Mangás Shoujo e Josei, minha escolham foram Kimi ni Todoke e Nodame Cantabile. Não tenho nada a reclamar nessas categorias, todos (claro, faltou muitos, mas como a regra á selecionar dentre muitos que tiveram, ficou uma boa lista) os shoujos e joseis que realmente tiveram destaque em 2010 estão presentes. Eu só vou chorar na categoria de melhor autor shoujo/josei, como assim não tem a Chica Umino que se destacou e lançou seu nome mundialmente com o seu maravilhoso Honey And Clover? Votei na Chiho Saito, pelo seu traço lindo e pelo que já produziu.

Melhor shoujo: Kimi ni Todoke
Melhor Josei:  Nodame Cantabile
Melhor autora de josei/shoujo: Chiho Saito

E pra fechar, terminamos com a votação de Mangás no Mercado Brasileiro. E aqui cabe outra crítica, acho que pelo mercado estar em expansão, poderia ter sim todos os títulos presentes em bancas no ano de 2010 ou pelo menos uma varidade maior nas escolhas, pois ficaram títulos de porte grande de fora da disputa enquanto tivemos os bons (ou excelentes, dependendo do seu gosto pessoal) Who Fighter & Coração das Trevas e Zucker na disputa. Ainda que sejam conhecidos, não são tão populares e conseqüentemente, desconhecidos de forma geral. Melhor lançamento eu fiquei com Hetalia, ainda que eu goste muito de Black Bird, o lançamento deste mangá coloca o estilo Yon-koma (tirinhas) de mangás no nosso mercado. Como melhor seinen, Dororo do mestre Tezuka foi a escolha mais fácil, este título também foi um lançamento e tanto em 2010. Poderia ter uma categoria separada pra shoujos e joseis, já que os mangás direcionado a garotas foram muitos nesse ano de 2010. Eu fiquei com Honey e Clover, claro, um dos melhores senão o melhor mangá em banca que tivemos no ano passado. Como mais aguardados em 2011 eu votei em Bakuman, espero que esse mangá apareça por aqui o mais rápido possível. Antes, o que eu mais aguardava era a vinda de Kimi ni Todoke e Kaichou wa Maid-Sama, mas como já foi anunciado seus lançamentos...

Melhor editora: Panini
Melhor Seinen/Shounen: Dororo
Melhor Shoujo/Josei: Honey & Clover
Melhor lançamento: Hetalia
Mais aguardados: Bakuman


Bem, estas são minhas impressões pessoais sobre os títulos que estão concorrendo e sobre o próprio prêmio Ichiban, que em seu segundo ano mostra que veio pra ficar e demonstra ter força pra se tornar referência nacional, torço pra isso pois a idéia original é excelente. Como comentado, do ano passado pra cá, houve muitas melhoras e a tendência é melhorar mais ainda. Não imagino como foi a repercussão no ano passado, mas neste ano parece que está sendo bem comentado entre as pessoas que gostam de discutir cultura japonesa, seja em foruns, blogs e afins da vida. Se eu falei alguma abobrinha em alguma das críticas acima, peço perdão. E espero que quem vote, também seja crítico, mas que exponha isso da melhor maneira possível, fazendo críticas realmente positivas para este projeto e não destrutivas, pois falar mal é fácil demais. Você pode mandar um e-mail (ichibanbrasil@gmail.com) com sua crítica ou sugestão. 

O Ichiban é uma iniciativa de Leo Kusanagi e Denys Almeida e recentemente Diogo Prado e contou com a presença de 19 blogs/sites como jurados. Não sei como se deu a escolha das séries participantes, mas imagino que os jurados tenham peso nisso. Muitos reclamaram da ausência de todos os títulos lançados, acho que isso é algo humanamente impossível, mas acredito que poderia sim ter uma variação maior de títulos que realmente foram destaques, sendo os mais comentados de 2010 e dentro esses, escolher o melhor. Como eles podem fazer isso sem perder a praticidade é algo a se discutir e se ajustar. Por isso, vamos todos os interessados votar e mandar sugestões ok? 

7 comentários :

RenanTS disse...

Não assisti tantos animes em 2010... muito menos animes de 2010... Mas, Angel Beats foi muito bom, pra mim. Ainda ouço GDM feliz da vida!

Mangás, não li nenhum... =S (só Enfen Lied, mas não conta!)

Highschool of The Dead eu achei uma droga... mostraram mais calcinhas e seios saltitando do que os zumbis, e que zumbis de M...
Destaque para o cachorrinho, que era mais inteligente do que a médica!


Enfim, filme foi Suzumiya Haruhi no Shoushitsu, mas nem assisti Fate/stay night: Unlimited Blade Works.. -acho que não conta, mas Ponyo foi o melhor filme em animação do ano!


E pena que é de 2009 (creio eu) e não é opção, mas Tokyo Magnitude 8.0 gostei bastante! ( e que irônia...)

Roberta Caroline disse...

GDM é muito bom. HOTD foi mais uma vítima das más adaptações. Tokyo Magnitude 8.0 é um excelente anime e uma puta ironia rs.

julio pq disse...

Votado. Ignorei a parte de doramas e j-pop pois entendo bulhufas disso :P

Esse clip da Panty e Stoking é animal. E vendo uma capa de Balck lagoon ali em cima, fica a pergunta que não quer calar, quando é que você vai falar desse anime ou mangá aqui ein Roberta?

Rodrigo disse...

Não seria yon-koma ou 4-koma?

Roberta Caroline disse...

Isso, isso, isso. Arigatou pela correção Rodrigo =)

Roberta Caroline disse...

Ops, sorry Júlio. Então...tá na lista ^_^
Em breve ele dará a cara por aqui.

Anônimo disse...

estive vendo outros sites especializados em animaçoes japonesas, onde mostravam os melhores de 2009 q segundo alguns foi um ano fraco, quanto a 2010 nao tenho muito o q dizer afinal nao assisti a nenhum especificamente do ano passdo, mas de 2009 q segundo alguns foi fraco, vi tokyo magnitude 8.0, para mim muito lindo, comovente, mas claro q deve dividir opinioes quanto ao desfecho, mas pra mim foi muito especial posso dizer q se nao é mas é quase o q eu estava procurando em um anime, relaçao entre pais e filhos, irmaos, amor pelo proximo, mostrando pessoas noramis, sem nada muito fantasioso ou fantastico demais, dormir e acordei chorando, foi demais, cada um tem a sua posição essa é a minha quantao a esta obra de arte q foi tokyo magnitude 8.0, e ainda cito aishiteruze baby, karekano, bareffot gen, hotaru no haka e torinari no totoro.

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.