quinta-feira, 21 de abril de 2011

Doubt - Rabbit Doubt: A história do lobo mau que adora comer coelhinhos


Um dia, um lobo entrou num grupo de coelhos amigáveis. Enquanto os outros dormiam, o lobo aparecia na sua forma natural. Dia após dia, um a um, o lobo matou e comeu os coelhos. Os coelhos, não sabendo qual era o lobo, fizeram uma reunião. Então, o tribunal decidiu sobre aquele que acreditavam ser o lobo, e o mataram. Se eles escolhessem corretamente, os coelhos venceriam. Se eles escolhessem errado, todos os coelhos seriam mortos e comidos pelo lobo. Essa é a idéia de um jogo de adivinhação pelo celular, Rabbit Doubt. Um grupo de amigos resolve se conhecer pessoalmente, mas se vêem presos numa versão real e aterrorizante do jogo, onde qualquer um deles pode ser o assassino.


Eu havia comentando - aqui - sobre como o celular se tornou uma ferramenta importante em diversas séries, as vezes sendo até o principal protagonista. Pois bem, o celular tem um papel de destaque em Doubt (ou Rabbit Doubt, como também é conhecido), um mangá shounen de horror psicológico, escrito e ilustrado por Yoshiki Tonogai (que foi responsável por ilustrar o arco Himatsubushi-hen do mangá Higurashi no Naku Koro ni). O mangá foi serializado na revista Shounen Gangan - da editora Square Enix - de Dezembro de 2007 á Fevereiro de 2009, sendo finalizado com 4 volumes. Tal qual aqueles thrillers como "Jogos Mortais", Doubt também foi merecedor de uma seqüência, que ganhou o nome de Judge (Juiz) para não confundir o publico, já que o único ponto em comum entre essas duas séries é a premissa. 


O foco da história de Dobt (Dúvida) é sobre um jogo que virou sensação entre os estudantes, que tem o nome de "Doubt Rabbit". É um jogo de celular onde os jogadores devem que encontrar o lobo entre o grupo de coelhos - que são os participantes do jogo - antes que este acabe eliminando todos um a um. São várias pessoas participando deste jogo virtual e eles interagem entre si, mas a identidade de todos é mantida em segredo, sendo conhecidos apenas como coelhos. Entre os participantes, existe o lobo e enquanto ele não for descoberto, vai eliminando os jogadores. Mas o que era uma brincadeira, acaba se tornando num eletrizando thriller psicológico de vida ou morte, quando seis jogadores do "Doubt Rabbit" são sequestrados (no melhor estilo "Jogos Mortais" e "O Albergue") e acordam em um prédio abandonado. 


Se você gosta de uma história regada a suspense e forte tensão psicológica, Doubt é uma das melhores escolhas do gênero. O traço é muito bonito e a arte de todo o mangá é bem limpa e simples, destacando sempre os personagens, isso me atrai bastante pois me sinto meio perdida quando o autor faz uma poluição visual enorme na história, com cenários transbordando as páginas e os personagens perdidos no meio de tudo. Ainda que este seja o primeiro mangá de Yoshiki Tonogai, ele consegue executar bem o enredo, o tornando bem trabalhado e com várias reviravoltas e um bom suspense. 

Suspense e tensão psicológica não é algo fácil de se emanar, principalmente se for uma história contada em um mangá, onde tudo é estático. E obras que se enfocam no mistério, são muito dependentes do final, sendo que uma bobeira e tudo estará perdido. Existem muitas coisas a se considerar e a trama tem que fechar, para que faça um sentido lógico. E o principal, suspense gera expectativa, logo, o desfecho dos fatos tem a obrigação de fazer jus a toda a história, tendo um clímax satisfatório (no mínimo).


E é ai que começam os problemas para o Tonogai. O final de Perfect Blue, consegue ser bom o suficiente deixando todos os espectadores embasbacados ou pegando um exemplo mais distante, os livros da Agatha Christie, onde o leitor ludibriado pela autora, rende lhe reverencias. O mesmo não acontece com o desfecho de Doubt. Não que não seja surpreendente, mas falta emoção o suficiente pra tornar aquilo realmente algo que seja sincero e mexa com as emoções de quem lê. E é um conjunto de fatores, que se desencadeou na parte final de trama, onde o enredo se tornou mais fraco e vulnerável, terminando em um clímax vazio de sentimentos, frustrando assim, quem acompanhou do inicio ao fim e bolou diversas teorias pra tentar chegar ao lobo antes do desfecho. Seja claramente ou por meio de simbologia, uma história precisa de uma mensagem de fundo, o publico espera por isso, mas ele acaba encontrando uma saída fácil que o autor se enveredou, dando uma explicação para lá de manjada e fraca.


Felizmente, todo o potencial que Doubt teve, foi bem executado em praticamente 95% da história, com um mistério interessante e que despertou a vontade das pessoas em também participar da brincadeira. O começo é meteórico e avassalador como deve ser um thriller, sem muitas firulas. Os personagens, mesmo não tendo um desenvolvimento profundo, servem ao proposito e a tensão e todo o drama pelo qual eles estão passando consegue soar sincero. Doubt tem uma mancha negra por ter dado a todos uma resolução fácil e preguiçosa (eu me senti idiota com aquele final), mas sinceramente vale muito a pena a leitura - e como diria o amigo Netoin! - e por isso, este mangá é altamente recomendado.


Gênero: Drama, Horror, Mistério, Psicológico, thriller, Suspense
Demografia: Shounen
Editora: Square Enix
Revista: Shounen Gangan
Volumes: 04 (finalizado)
Autor: Yoshiki Tonogai
Spin-off: Judge

11 comentários :

Moranguinha disse...

O final pra mim foi decepcionante mas ainda assim gosto bastante do mangá. Eu não conhecia essa Judge, obrigada pela dica.

Moranguinha disse...

Esse mangá de Higurashi é bom?

julio pq disse...

Yanderes...amo yanderes rsrsrs. Mas aquele motivo que arrumaram lá pro lobo sair matando geral daquele jeito foi brincadeira viu, estragou uma ótima trama.

Natália Fontanna disse...

Vou acabar me tornando uma psicopata por sua causa, já achei que pra ler, eu adoro esse tipo de história. Eu assisti todos os filmes de SAW. Não gostei muito do Albergue, mas até que da pra assistir de boa

Pedro S. Ekman disse...

Recomendo.

Iilia disse...

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Spoiler<<<<<<<<<<<<<<<<<<
there were too many other loopholes and the final result was stupid.
I hope the sequel is better. Though, considering how Rei is still alive, who knows :/

Roberta Caroline disse...

@Moranguinha:
Eu ainda não peguei Higurashi pra ler, mas acredito que sim, já que ele é mais fiel á VN. Eu leio Umineko e posso dizer que é muito melhor que o anime, recomendo viu. ^_^

Anônimo disse...

li esse manga a um bom tempo, e o final me desanimo, mas a trama em si e muito boa

τiα cℓαяα disse...

já tem esse mangá aqe no Rio??? D:
Quero comprar, parece bom - q

Roberta Caroline disse...

Você tem que baixar da net Clarinha ^_^ Ele ainda não foi publicado aqui. Mas leia, vale a pena.

KéHS! disse...

Acabei de terminar de ler o mangá. É uma história que prende o leitor (pelo menos aconteceu comigo) e quando as verdades vem a tona é algo surpreendente. Se fizerem o anime de Rabbit Doubt vai ser um thriller psicológico de grande porte.

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.