terça-feira, 10 de maio de 2011

Deadman Wonderland #04: Revelações


Ei, este foi um episódio bem shounen? Tanta na estrutura como nos diálogos, coisas que já estamos bem acostumados ver em séries do gênero, apesar que mesmo sendo uma série seinen, a pegada sempre foi shounen, assim como HOTD. O episódio não foi tão vibrante, nem avassalador como os primeiros foram, mas do ponto de vista do enredo foi bem interessante. Tudo praticamente girou em torno da introdução de um novo personagem na trama, que Ganta imaginava se tratar da mesma pessoa que tinha assassinado seus amigos. Mas na verdade este era Senji "Crow" Kiyomasa, um homem que possui as mesmas habilidades que o dito “Homem de vermelho”.



Os dois se pegam, há aqueles diálogos superficiais, Ganta chora e descobre a forma de manipular as habilidades recém descobertas. Habilidades que são chamadas de “Ramos do pecado”, que se formam através do sangue da pessoa, sendo capaz de se transformarem em cortantes lâminas. Tá certo que bocejei em algumas partes, mas este episódio está cheio de revelações importantes sobre o enredo. Revelações que abrem uma nova perspectiva do que pode vir a ser explorado a seguir.


Como o Bloco G, que mantém os detentos mais perigosos/poderosos de Deadman Wonderland, eles que por um acaso recebem a alcunha de Deadmens e são dotados de “Ramos do pecado”. Manipulados por Tsunenaga Tamaki, todos ali no Bloco G parecem ser a principal fonte de seu “poder”, onde através de um festival de horror consegue atrair as pessoas mais influentes. Mas quem parece não gostar nada disso é a Makina. E alias, viram o que é uma personagem “macho” pra caralho? Adoro.


Todos os fatos sobre a condenação de Ganta foram “postas na mesa”, assim como o suposto motivo que levou Tamaki a forjar a culpa do protagonista. Isso me deixou um pouco surpresa, imaginei que talvez fossem explorar isso mais um pouco. Mas ficou excelente assim, pois são poucos episódios pra muita trama e a forma como eles estão adaptando tanta coisa, está ótimo, não perdas que possam fazer quem não conhece o original a achar a história desinteressante. Única queixa mesmo seria sobre a censura, mas sabemos que não há como evitar. O ritmo está ótimo e está seguindo bem, que o próximo seja mais empolgante. 


9 comentários :

Ikari387 disse...

Tamaki éx o diretor? Pensei que fosse o promotor (não de justiça, mas da prisão). Até pq uma das policiais lá fala que Makino tem que passar primeiro ter autorização do promotor para poder ver o diretor... ou não?

Eu gostei do ritmo do anime. Apesar de dar respostas sem tantas delongas, ele sempre gera uma nova questão a ser respondida nos 3~5 episódios a frente. E isso prende quem tá assistindo.

Só achei a forma de "tortura" um pouco leve para todo aquele alvorço do Ganta, e até pro próprio nivel de violencia da série. Mas nem conta como ponto negativo, já que é uma visão de quem adora animes "de terror". rsrs

Lamb-Desu disse...

É quase a mesma coisa quase, Tamaki é filho do verdadeiro chefe de Deadman, em uma empresa, ele seria como o vice-presidente e é disso que se trata esse plano dele de conseguir capital...

Eu tava gostando bastante, mas este episódio me desgostou. Tava escuro demais, não me convenceu desde os dialogos até Ganta levando choque. Já ta praticamente na metade do anime e ainda não acontece nada...tá difícil.

Roberta Caroline disse...

Opss, me deixei levar. Obrigado Ikari.

julio pq disse...

Esse Crow lembra bastante o Saraki Kempashi de Bleach. O estilo dele lembra bastante. Quanto ao episódio, eu gostei, tá indo bem.

Ikari387 disse...

Lamb,obrigado pelo spoiler gratuito... -___-

rsrsr

Margoth disse...

sacanagem o spoiler

Ikari387 disse...

Lamb,obrigado pelo spoiler gratuito... -___-

rsrsr

Roberta Caroline disse...

Opss, me deixei levar. Obrigado Ikari.

Margoth disse...

sacanagem o spoiler

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.