terça-feira, 24 de maio de 2011

Deadman Wonderland #06: SURTOS LIVRES ou Apresentando a sádica e perturbada Minatsuki

“BAAAAAAAAAAKA”

Ei, nem MasterCard paga a sensação de se ouvir essa palavra na boca de um personagem sádico, é muito divertido. Então, é lógico que SURTEI para caraleo assim que esse episódio terminou, pois não é segredo pra ninguém adoro esse tipo de personagem e dou uma série de motivos pra isso, mas não será nesse post. O motivo pra tanta empolgação? Isso se deve a aparição de uma personagem que venho aguardando com afinco no anime, Takumi Minatsuki, irmã do – duas caras – Yo.
Que dissimulada @___@ Adoro, claro rs

E o episódio foi todinho dela, começando com ela fazendo a doce garota inocente e moe, inclusive quando Ganta á salvo e a garota o leva para seu quarto, uma cena das mais manjadas acontece e está feita a junção de dois elementos pra lá de polêmicos (apesar da maioria amar incontestavelmente), o moe e o ecchi. Queria estar na pele da pessoa que estava assistindo aquilo tudo pela primeira vez e a sensação que teve ao descobrir a verdadeira face de Minatsuki. Por que, convenhamos que foi surtante todo o clímax envolvendo a revelação do passado da personagem, sua relação com Yo e a forma como manipulou Ganta. A trilha sonora também tem seu papel importante dentro do episódio, que ajudou a dar um clima maravilhoso quando Ganta reage a todo insanidade de Minatsuki e não deixa barato, reagindo a altura, com direito e dedinho e palavrões.

Aposto que se esqueceu por alguns instantes que se trata de Deadman Wonderland...néah?

Pode soar extremamente clichê e pedante toda a cena em que Ganta parece se reerguer da cinzas e pronuncia aquele discurso preparado, é um truque usado por diversos diretores mas que no “time” exato, é muito excitante e a vontade que fica é sair socando o ar; “aeeeehhh”, uuuhuuLLL” ou *insira aqui qualquer palavra de baixo calão de sua preferência”. O que? Você nunca sentiu nada parecido ao assistir qualquer tipo de série que te deixasse surtado? Tsc, tsc...

“ fuck you ” - diz Ganta

O episódio foi belíssimo e muito consistente no sentido de construção de personagem, enredo nem tanto, já que Minatsuki não é a peça “chave” de Deadman Wonderland e infelizmente (mais uma vez), o anime é somente de um cour, o que não da tempo suficiente pra personagem mostrar de fato todo seu potencial. Minatsuki é uma personagem muito bacana, que manipula os outros emocionalmente e sexualmente, mas assim como todos, é apresentada de uma forma bem bacana, mostrando que há um motivo por ela se comportar assim, não é gratuito e ainda que não seja da forma mais explicita, nota-se que é uma personagem psicótica.


Em termos de luta, mais uma vez o episódio deixa a desejar, assim como o poder ofensivo de Ganta, mas não é como se o episódio tivesse falhado, se houvesse mais um pra explorar e aproveitar melhor o sistema de batalha seria uma junção perfeita em termos de diálogo e ação. Há alguns furos e discrepâncias no enredo que poderia ser mais bem encaixado e explicado, mas não é nada que atrapalhe o andamento das coisas. A animação foi bem básica, mas as expressões faciais nos personagens salvaram e se destacaram nesse episódio, olhando por esse lado, foi uma distribuição bem feita. E que vem o próximo com uma Shiro bem crazy, quem sabe!?

Gostaram? Eu amei. Minatsuki é uma personagem que gosto muito e ficou excelente a adaptação dela

8 comentários :

O Mundo escuro de Morringhan disse...

Não acho que ficou a desejar em termos de luta, acho que o foco eram as expressões mesmo, justamente para justificar a psicose de Minatsuki...Gostei muito desse episódio,o melhor até agora na minha opinião. Nossa mal posso esperar pelo próximo episódio!A Shiro é meio suspeita, aquele sorriso...Será que o lance da música só será explicado no final? Poxa vida!12 episódios é muito pouco...

julio pq disse...

Agora mesmo com um tapa olho que o corvo tá indentico ao Zaraki de Bleach kkkkkkkkk. To gostando de ver o Ganta deixando de lado esse lado de bom moço, seria profundamente irritante se ele começasse aquele discurso idiota de todos os heróis que não bate em mulheres. O diretor finalmente aparecendo também foi show ein e nem comento da adorada personagem transloucada, ela roubou mesmo toda a cena kkkkkk

Roberta Caroline disse...

Também achei o melhor episódio até o momento, muito surtante. E sempre me queixo, 12 episódios é muito pouco :/

Lembra mesmo e muito o Zaraki néah Júlio, o estilão é o mesmo. ^_^

Margoth disse...

até que enfim um episódio que me empolgou de verdade, tava achando os outros muito morninhos pro meu gosto.

AtOon disse...

Só espero que a personagem continue sendo o que se mostrou, sem apresentar nenhum tipo de redenção súbita e sem sentido... Seria um desperdício.

Ofecher disse...

esse episódio sem dúvidas foi o melhor até agora, a minatsuki foi demais (esse tipo de personagem sempre me cativa). Agora é esperar pra saber mais sobre a Shiro no próximo ep.

AtOon disse...

Só espero que a personagem continue sendo o que se mostrou, sem apresentar nenhum tipo de redenção súbita e sem sentido... Seria um desperdício.

jonhmaster disse...

O anime para min é forçado desde o inicio porem as lutas são agradáveis.

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.