quarta-feira, 8 de junho de 2011

Steins;Gate #10 - Homeostasis of Compliments


Tutturu minna-san! Este episódio se mostra muito mais lento em desenvolvimento e ação em relação ao da semana passada, embora este seja um daqueles episódios que merecem se apreciados como se estivesse degustando um vinho.  Ao contrário do ultimo episódio, os efeitos não são imediatos e as sutilezas são muitas, mas grandes eventos estão por vir.



Depois do grande impacto deixado no episódio passado, ao qual uma única mensagem foi capaz de mudar o famoso antro otaku chamado Akihabara, mas como isso foi possível, quais os possíveis eventos que alteraram completamente essa perspectiva e como isso tudo se conecta, ficará em standy-by para reações imediatas como; Porque o relacionamento entre Okarin e seus amigos não foi afetada? Mas o melhor sem dúvidas foi o momento em que Okarin questiona o sexo de Ruka e para tirar a prova apalpa suas partes intimas. Para Ruka que nutre uma paixão pelo cientista maluco, isso com certeza foi traumático mas toda a cena foi incrivelmente cômica, terminando com Kurisu corada novamente (e não poderia faltar isso, não é mesmo!?). E a propósito, olha o fantasma do batido episódio de praia rondando Steins Gate.


O elenco de personagens ainda é maior força da série, os diálogos continuam espetaculares e o momento no escuro entre Okarin e Kurisu foi muito sutil, mas belíssimo. Onde não foi preciso mais do que alguns palavras e um clima propicio pra mostrar da cumplicidade de ambos.  E mesmo que tenhamos perdido uma parte bastante cômica que é a punição que Kurisu dá á Okarin por ter sido grosseiro com Ruka, foi um sacrifício necessário para o desenvolvimento do relacionamento dele com Suzuha, que é a peça chave deste episódio. Ela revela á ele que foi á Tóquio a procura de seu pai, ao qual Okarin oferece á garota a chance de enviar um D-mail ao passado caso ela falhe. Ele á torna mais um membro do laboratório e juntamente aos outros preparam uma confraternização, mas ela não comparece e lhe manda uma mensagem com um sinto muito e adeus. Bem, é o prenuncio de que ela possivelmente não foi feliz em sua busca.


Okarin então decide mandar uma mensagem a si mesmo, dizendo para segui-la. O corte é abrupto já para a linha de tempo em que Suzuha já está com todos no laboratório e claramente intencional para causar uma certa confusão e abrir precedentes á algumas teorias, como a possibilidade do pai da garota que se chama Barrel Titor, ser na verdade o nosso querido Daru. Ainda que se você esteja distraído e isso passe despercebido, eles empurram descaradamente essa possibilidade para o publico, o que cria mais uma interessante linha de suposições. Assim como outras coisas ditas em forma de sussurro e despretensiosamente, como o dialogo entre Okarin e Mayuri, a misteriosa mensagem em forma de ameaça que ele recebe com um pudim vermelho e que se alguém for realmente procurar mais a fundo irá se deparar com um enorme spoiler. Ou algo ainda mais estrondoso, mas que é jogada da forma mais despretensiosa na tela, que é fato do satélite ter simplesmente desaparecido do edifício?


Dessa vez temos como referência, um livro com nome em alemão com clara ligação a mitologia nórdica. O que não tem grande impacto sobre a história mas é uma curiosidade interessante pra quem gosta de sair pesquisando.


O episódio em si, é passado de uma forma como se fosse apenas sobre Okarin e o desenvolvimento de seu vinculo com outras garotas, mas que é bom ver com uma olhar mais apurado para que não passe nada despercebido. O foco em Suzuha foi definitivamente importante, ainda que pouco esclarecedor. Okarin por voltar no tempo sacrificou um importante momento ao lado de Kurisu, mas também revela um lado dele que foge bastante de sua faceta de cientista louco, que é o de se preocupar com pessoas que lhe são queridas. Outro momento muito agradável e que sempre rende ótimas cenas é em sua conversa cheia de cumplicidade com Mayuri, o que sempre deixa aquele ponto de interrogação sobre o verdadeiro papel dela dentro da trama. A borboleta voando na seqüência final definitivamente é sinônima de encrenca. Ficamos no aguardo. 


Preview Episódio #11

8 comentários :

Anônimo disse...

OLÁ!

Meu nome é Lucas,e eu sempre estou lendo os reviews,parabéns pela qualidade e principalmente por não dar spoilers.

Gostaria que vc me tirasse uma dúvida referente ao 1° review de STEINS GATE,no qual é dito que Okarin havia se comunicado com Kurisu por meio de mensagens de texto,porém isso só seria revelado no final do episodio.Isso é dito como uma coisa obvia, porém eu não entendi, porque a mensagem que Okarin enviou foi para Daru e não para Kurisu.Eu acho que eu fiz alguma confusão ou então não estou vendo o óbvio,ou talvez seja uma verdade que não foi revelada.Caso eu não tenha entendido,vc poderia me explicar?

Roberta Caroline disse...

@Anõnimo, aka Lucas

Muuuuuuuuuuuuito obrigado, fico muito feliz. Então, a culpa foi realmente minha por não explicar direito, mas na verdade eu tava com medo de falar demais, então deixei assim já que como a versão do anime corta e altera muita coisa, sabe se lá como será a abordagem. Mas acabaram seguindo o original, então é basicamente assim: Okarin enviou a mensagem para Daru, que estava com o telefone conectado no microondas, que sincronizando enviou a mensagem para Kurisu. Por isso que no primeiro episódio ele fica surpreso por ela estar falando que ele enviou alguma coisa pra ela. Eles devem voltar nisso aeh, e com certeza ficará bem explicadinho.

Anônimo disse...

Olá Roberta,obrigado por responder.

Eu entendi sua explicação,porém,como o microondas está sincronizado com o celular de kurisu,já que ela não era um membro do laboratório?E mesmo se estivesse e a mensagem fosse enviada para o celular de Kurisu com o nome de Okarin como remetente,estaria dizendo que ela foi esfaqueada,e não que ele queria falar algo urgente com ela.E também como ela sabia quem era Okarin ao retirá-lo da sala,já que ela não o tinha visto anteriormente,tendo apenas o nome como referência?Para mim foi como se ela tivesse realmente falado com ele(ou outro ele) 15 minutos atrás,para ter tanta intimidade ao retirá-lo da sala sem ao menos confirmar seu nome,o que seria sensato da parte de alguém que recebeu a mensagem de um estranho dizendo que ela `FOI` esfaqueada.Eu também resolvi assistir novamente o 1° episódio para ver se eu tinha deixado passar algo,e percebi que, na conversa entre Okarin e Kuriso,em nenhum momento ela diz que ele havia enviado algo para ela,mas o que ele estava tentando falar com ela.

Desculpa se eu falei demais,espero que não tenha lhe confundido.Eu não conheço a história,por isso meus questionamentos têm como base o anime.Se você concorda comigo,mas explicar o que acontece é spoiler,não me conte e vamos esperar que tudo se encaixe até o final.

julio pq disse...

mais um excelente episódio. Será mesmo que Daru é o pai da Suzuha? Eu tenho visto várias teorias por ai na web, cada uma mais absurda que a outra. Mas é aquela coisa, quando tem viagens do tempo envolvido, é difícil especular o que é ou não é viagem. Em uma dessas ai, até mesmo Okabe pode ser uma viajante do tempo e agente não sabe.

Roberta Caroline disse...

WOW! Que isso em Lucas, muito bom seu questionamento. Mas há um buraco proposital no primeiro episódio (e nesse também) que serão preenchidos na parte final do anime, que deve ser a partir do episodio 15 ou 20, onde todos os fatos estarão ligados. Como eles estão fazendo uma boa adaptação, podemos esperar pela resposta. Prefiro não te responder pra não estragar a surpresa, li os resumos que dizem respeito a esse primeiro episódio pra ver se era o que eu lembra mesmo ou se eu estava me confundindo com alguma coisa. Então, a coisa toda realmente faz sentido quando tudo fica mais claro, espere um pouco mais que vale a pena.

Moranguinha disse...

Eu tava com a mesma dúvida aqui, mas eu vou esperar então pra poder ficar sabendo de todos os mistérios. Eu li por ai uma seguinte teoria e que é bem interessante, sendo possivel ser verdade:

Kurisu é a responsavél pela morte de Barrel Titor, se este for realmente o Daru, então a Suzuha realmente tem um bom motivo de odiar a Kurisu. Provavelmente ela não quis matar ele intencionamente, mas se ela esteve envolvida com a CERN, pode ter sua parcela de culpa.

Eu sei que não faz muito sentido, mas eu li por ai e achei interessante

KristenLane disse...

Olá! Acho que é a primeira vez que comento aqui. Estou gostando muito dos seus reviews, aliás é bom ver alguém dando essa boa atenção a Steins;Gate! Para mim é uma série promissora, embora não conheça a visual novel na qual é baseada.

Não tenho ainda muitas teorias sobre o que pode acontecer, mas o lance do satélite que sumiu do prédio e o nome do pai da Suzuha bem intrigantes.
Agora, quanto a essas teorias... Daru pai da Suzuha? Duvido que seja isso, embora não descarte a possibilidade. Mas, como já disse, não conheço a VN, então não me sinto em muitas condições de comentar. ^^'

Slam Dunk disse...

tenho que concordar que suas reviews de Steins Gate estão ótimas. Sobre a teoria acima, completamente furada. Não conheço o original mas ficaria completamente decepcionado se o desfecho fosse isso ai.

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.