quarta-feira, 22 de junho de 2011

Steins;Gate #12 - NOOOOOOOOOO... CRASH! BOOM! BANG!


TUTTURUUUUUUUUUUUUUUUUUU!!! Sentiram o tamanho da empolgação? Minha vontade mesmo era sair gritando e soltando foguetes (e spoilers) diante de uma cena tão bem executada que deu até um certo medinho. Eu estou falando da excitante e surtante seqüência final, onde....

Depois de assistir ao primeiro minuto deste episódio, eu tive que recolher meu queixo caído durante a abertura, para novamente solta-lo nos minutos finais. A seqüência dos primeiros minutos do episódio soou como um prólogo para atiçar a curiosidade de todos e fazer uma sádica ligação com os rumos que este episódio tomaria. Okarin e Mayuri (ou romanticamente, Mayushi) á 70.000 mil anos atrás em um dialogo confuso (a principio), visto pelo Okarin do presente. O ambiente era inóspito e cheio de simbolismo, representado por um ampulheta gigante. Um importante elo de ligação entre esse episódio, tudo que ele desencadeará a partir de agora, o vislumbre da trama final que deverá se mostrar nos episódios que, tem no centro de tudo, uma importante figura, Mayuri. Da mesma forma que o prenuncio de uma tragédia já se formou desde o primeiro minuto (eu diria que á alguns episódios atrás), a importância de Mayuri para o enredo se mostra mais enfática a partir de agora.


O Plot Twist (uma mudança repentina de direção em uma história) que tomou conta deste episódio e deixou a todos super empolgados, ofuscou inclusive um pouco do brilhante lado sci-fi do episódio, onde Kurisu através das teorias abrangendo o LHC (Large Hadron Collider) conseguiu terminar sua maquina de “salto no tempo”. Embora todo o lado físico sobressaltado ali e que foi brevemente abordado, realmente é difícil pensar nisso. Mas rapidamente, como mencionado pelo leitor Bassi (que se rendeu á Steins Gate – e espero que muitos outros o façam): Adoro esse tipo de historia, que pegam fundamentos presentes na realidade e montam uma historia toda encima disso, é o melhor tipo de ficção científica =D
E abordaram logo um tema que eu sou entusiasta, a física, a relação tempo e espaço... e da pra ver que o autor pesquisou e muito, tomou muito cuidado pra não cometer gafes... Inclusive ele foi bem cuidadoso em ques~toa de copyrights na hora de citar nomes, como o IBN no lugar de IBM (sim, esse computador realmente foi fabricado, pra quem ainda não entendeu XD); o site 4chan.org, quando falam do tal @channel... até as cores temas dele aparecem iguais quando a Kurisu o acessa UHAEEHUEHUE

A grande maquina Large Hadron Collider

Bom, voltando ao que interessan, o LHC é um acelerador de partículas, que em bom português pode ser dito como um grande colisor de hadrões, sendo a maior maquina do mundo. Entre outras coisas, um dos maiores objetivos do LHC é explicar a origem da massa das partículas elementares. Alguns físicos acreditam que a maquina pode provocar catástrofes de dimensões cósmicas, como um buraco negro que destruiria a terra por completo. E por isso o seu apelido de: “A maquina do fim do mundo”.  Acho que não cheguei a mencionar aqui, mas para os mais desavisados, a empresa CERN realmente existe e a questão levantada pelo leitor acima é bem interessante. Como eu disse, muitas coisas são de difícil entendimento para quem não está ligado ao “mundo otaku”, mas outras são mais claras. A organização presente no anime só difere da verdade por uma letra; SERN. E há muitas polêmicas envolvendo a CERN real (que foi a idealizadora do LHC) e muitas acusações. Mas não vou adentrar nisso por enquanto, deixarei para o momento oportuno, onde o enredo do anime tratará de se utilizar dessa ferramenta.


Hamasaki e Sato (diretores do anime) devem ser elogiados pela excelente capacidade de direção que estão mostrando neste anime (apesar de algumas falhas, mas isso não pode servir como argumento para desmerecer o excelente trabalho feito até agora. Afinal, até Lost teve enormes falhas técnicas e alguns furos). As discussões envolvendo a SERN sempre estiveram presentes, assim como o que poderia ocorrer se tal experimento caísse nas mãos dessa organização e que até o momento, sabemos se fator motivacional do nosso John Titor do anime, assim como sua sombra; Suzuha. Mesmo que eu já tivesse pré-conhecimento da “morte” da Mayuri, ainda foi possível sentir um grande e enorme impacto e isso graças á execução. E por mais que toda a seqüência final tenha sido previsível (para alguns), a excelente direção corrigiu muito bem este detalhe, e isto é digno de elogios. Steins Gate vem vindo numa crescente impressionante, gozando de uma popularidade enorme na internets, sem duvidas esse segundo cour será um divisor de água e quem sabe, assim como Madoka Mágica, este episódio e todos os comentários que o cerca, não chame ainda mais pessoas para o anime.

Aqui você pôde soltar o grito de FODEO manolos

Okarin que claramente “amarelou” diante das ameaças recebidas, decide parar com os experimentos e anunciar publicamente a descoberta. Ainda tivemos mais um embate entre Suzuha e Kurisu, onde farpas são disparadas sem receio algum desta vez. Mas não demorou muito para a chocante revelação, sobre quem na verdade era a “espiã” e que conseqüentemente, instalou os “grampos”no laboratório. Mas ainda assim, no ponto de vista de Suzuha, Kurisu ainda é uma ameaça, até onde e o quê ela sabe? Com a ameaça de bomba televisionado, Suzuha imediatamente faz uma conexão entre este evento e o laboratório da SERN. Algo está terrivelmente errado e adivinhem? Ela é esperta suficientemente para abandonar o barco antes que a merda toda seja jogada no ventilador. Mas a atitude dela não pode ser vista como algo covarde e bem, sua importância para esta trama toda, é bem evidente.


Sensacional, incrível, surtante... não há palavras suficientes para expressar tudo que senti quando o episódio terminou. Alias, tem sim. Uma palavra que todo ser humano já se acostumou a usar e que resume toda a montanha russa de emoções: FODA. Os minutos finais foram de tirar o fôlego e que, apesar da falta do elemento surpresa (o que torna ainda mais admirável, a direção do anime é realmente excelente, já disse) o impacto das cenas foi enorme. Quem é que já esperava que a pessoa que caminhava á passos lentos, não fosse a Moeka? Alias, que momento epic win. Quem assistiu Higurashi e sua segunda e inquestionável, maravilhosa segunda temporada, sabe como este tipo de suspense que procede ao “esporro” , é algo fantástico.

Não costumo colocar CG aqui, mas esta enviada pelo @LukLucas enfatiza bem o sentimento de todos

Obviamente, Mayuri ainda darás caras em Steins Gate, mas a forma como tudo será conduzido, é que realmente provoca este êxtase, misturada com curiosidade. Passagens como, Mayuri dizendo: "Então agora Mayuri não tem mais que se tornar refém Okarin" já foi um prelúdio de tudo que viria, mas foi igualmente emocionante acompanhar o desenvolvimento. Também pudemos desfrutar dos momentos de interação entre Okarin e Kurisu. Definitivamente a figura do pseudo-casal já é oficial e ela já prevê todos hábitos do cientista louco. E a dublagem estava incrível Mamoru Miyano (Okarin), que alcançou o Epicness de sua dublagem em Death Note, como Yagami Light.

Moeka, sua estrela brilhou. Prefiro você assim!

Bom, foi difícil tentar escrever algo centrado desta vez, mas espero que tenha ficado compreensível os meus comentários. Mais alguns detalhezinhos extras que gostaria de ressaltar:

  • FB continua sendo uma grande incógnita. Seria a sigla de uma sub-divisão da Sern, um grupo ou a letra inicial de alguém importante e peça chave do enredo? Façam suas apostas.
  • A animação deu um salto de qualidade neste episódio, o que já era bom, ficou ainda melhor na seqüência final.
  • Aguardem momentos de comoção em massa no episódio 25. E o já esperado episódio 13 reserva uma boa dose de emoção. Oh céus, ansiosa aqui, desde já. Até mais minna!
Preview do episódio #13


9 comentários :

Anônimo disse...

Ao invés do 4chan acho que @chan é baseado no 2chan, em todo caso, ótima review e você falou quase tudo que eu estava pensando exceto por uma coisa.
FB = Facebook!!! Por essa vocês não esperavam. Tehehe.
Brincadeiras a parte, adoro suas reviews e a palavra que você utilizou resume muito bem esse episódio: FODA!!

reim_qq disse...

epi épico *o*
aquele finalzinho deu um calafrio aki

Moranguinha disse...

Steins Gate estava magnifico essa semana. Estou bastante satisfeita com o anime até aqui e também tive uma overdose depois de assistir o 12 kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Mas ein Roberta, você que sempre trás uma referências bacanas, pq não falou da Star Wars? Clara referência quando a Mayuri tutturu está com o bastão na mão. Outra coisa que você não deve saber, já que disse uma vez no twitter que nunca assistiu Gundam, mas o Shining Finger, apelido que o Okabe da pra Suzuha, é da série Gundam G. Basta ouvir a música: Flying in the Sky and you'll e você vai ver como tem é mesmo ela.

dante samsara disse...

é algo que acontece em muitos animes vindos de visual novels

mudarem o nome por poucas letras

quem assistiu chaos;head e Myself;Yourself devem estar acustumados com isso.
este detalhe é legal pois ele aproxima da realidade mas sem ser direto

steins;gate critica muito o cern mas porcausa do S estão seguros quanto a prossesos

Ric disse...

O nome Finger Shinning é na verdade uma referência ao G Gundam. É o nome da técnica final do Domon Kasshu

Jones disse...

Meo faz tempinho que não comento, mas saiba que to sempre lendo seus posts então acho que ta valendo rs. Agora falando do anime, nunca imaginei que ele daria um salto tão abrupto em apenas um episódio, to me sentindo orgulhoso de acompanhar Steins;Gate, esse epi então foi realmente foda d+s. Mas por incrível que pareça eu só descobri o negocio do 2chanel porq c coloco aqui se naum eu nunca teria ligado o nome a dita coisa, rs.
Post massa, continue assim.

Roberta Caroline disse...

@Moranguinha

Verdade. Eu ia citar mas acabei esquecendo D: E realmente, sempre ouço falar mas não tenho planos de assistir ^_^

@Ric

Obrigado, nem imaginaria que fosse isso.

@Anônimo

Sim, se trata do 2Chan. Mas este foi o comentário dele.

@Jones

Menino, que sumido você ein, fico feliz que continue leitor do blog ^____^

@Dante Samsara

Eu adoro isso, o exemplo mais hilário que eu já vi foi Ah! Megami-sama, onde ao invés de Coca-Cola, era Poka-Cola. É bem bobo, mas na época morri de rir.

@Reim

Também. Subiu um frio cabuloso pela espinha UHAUHAHUAAUH

O Mundo escuro de Morringhan disse...

Nossa eu fiquei hipnotizada nesse episódio do começo ao fim. Começo e final fodásticos. kkk Verdade obviamente era a Moeka, e realmente esses fatos óbvios não comprometem em nada pelo contrário nos instiga a assistir mais e mais. Todos os animes deviam fazer isso, serem mais fodas a cada ep. espero que SG continue assim *.*
Gostei do post. Também adoro quando misturam realidade e ficção. Pobre Mayuri, "nothing to tuturu about" ri alto. Mas é claro que esse não é o fim, no início do episódio ficou profetizado isso. Falando em profetizado, Suzuha falou isso será que a moça veio do futuro?

Kico7 disse...

Pelo jeito haverá momentos doces e delicados no próximo episódio.

Ainda me pergunto que tipo de relação Okabe possui com ela, ficou ambíguo os sentimentos dele desde o episódio passado!

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.