quarta-feira, 6 de julho de 2011

Kami-sama Dolls: God Meets Girl


Mesmo diante das críticas iniciais, eu mantive uma certa esperança quanto á adaptação de Kami-sama Dolls, afinal, o estúdio por trás do projeto é sério. O Brain's Base mesmo não sendo muito regular, tem Denpa teki na Kanojo (ver resenha aqui), Durarara!! Baccano! como exemplos de animes bem produzidos e com uma pegada mais seria que se fossem parar nas mãos de um estúdio como J.C.STAFF (eu gosto do estúdio, mas tem séries que definitivamente não são o perfil desta empresa) teriam uma outra identidade visual. A estréia não me desapontou e ainda me deixou com altas expectativas, o que não é muito bom, pois pode acontecer dos próximos não corresponder ao meu hype.


No anime, acompanhamos a história de Kyouhei, um garoto recém saído do interior para Tóquio, onde acaba reencontrando com Shiba, que também morava no interior quando criança. Não é todo dia que vemos uma série que gira em torno de um culto misterioso á um boneco robô, ao qual é chamado de “Kukuri” que são controlados por um seleto grupo de moradores denominados como “Saki”, que acreditam que estes são conchas vazias de Deus, aka, o Kami-sama do titulo da obra concebida por Yamamura Hajime faz todo sentido. Além de ser o thriller de suspense da temporada, acho que um dos melhores detalhes de Kami-sama Dolls é o fato dos personagens serem estudantes universitários numa faixa etária de 18 anos acima, sendo que a mais nova ali é Utao Kuga, irmã do protagonista. Pode parecer pouco, mas a grande maioria dos animes que estréiam, são sobre adolescentes e lolis. Nada contra (já que também sou consumidora de tais séries), apenas uma constatação.


O tom mais escuro, calcado pelo suspense é um atrativo e tanto, com um primeiro episódio de caráter introdutório, porém bem sólido e bem dirigido, apresentando rapidamente os personagens e dando os um raso aprofundamento apenas com alguns diálogos. O resultado é que já da pra sentir uma certa empatia por eles e olhe que Kyouhei é o tipo de protagonista meio vacilante e tímido ao extremo com mulheres que causam um certo pavor nos otakus brasileiros. Alias, já fica obvio o fascínio dele pela sua amiga, Hibino Shiba, que deverá proporcionar bons momentos para os shippers de plantão. Tom de romance, combinado com o humor leve da série, que deve ser a base da maioria dos episódios que devem ficar com o flerte do suspense até o terço final do anime, onde as coisas realmente deve esquentar pra valer.


Como disse, já começamos com um assassinato bizarro no elevador, tendo como testemunha Kyouhei e Hibana. Os calafrios de Kyouhei já mostram que há algo de errado e já somos blindados com uma boa cena que movimenta a trama. Ele recebe uma visita inesperada de sua irmã, junto com seu “Kukuri”. Ela veio lhe trazer o recado de que Aki, amigo de infância de Kyouhei acabara de fugir da prisão, aonde vinha sendo confinado devido á uma serie de assassinatos que este cometera na vila onde moravam. O ápice é sem duvidas na aparição de Aki, já explodindo tudo. Não sei mais a fundo sobre o personagem, mas gostei do seu estilo psicopata.  


Os produtores conseguiram passar uma boa idéia de que há um conflito acontecendo, muitas dúvidas quanto aos moradores desta vila e os segredos que estes guardam consigo e que com certeza deve ter uma ligação com a chacina proporcionada por Aki. Kami-sama Dolls combina de uma forma interessante, o estilo urbano com o rural de uma aldeia repleta de segredos sombrios. Até mesmo a relação da família de Hibana Kuga, que mantém laços estreitos ainda com o povo da aldeia, estes que parecem ser bem influentes e que me lembraram aqui a família Sonozaki, em Higurashi no Naku Koro ni.  


O titulo do próximo episódio (algo próximo de, “Treinando seu Kami-sama”), mostra que o anime devera combinar momentos de descontração e ação, deixando a parte interessante para o final, onde a trama oculta deverá vir à tona. Com um anime de 12 episódios, provavelmente dará para contar o mínimo da trama do mangá sem comprometer a adaptação e o interesse do publico. Obviamente, o fato de ser um thriller recheado de momentos cômicos alá “comedia romântica” ajuda bastante o fato de ser uma temporada de 12 episódios para 8 volumes encadernados do mangá, pois pode se cortar bastante coisas que não farão tanta diferença no enredo. Mas fica a dúvida quanto ao final a ser produzido.


A qualidade da animação estava na média, porem boa para o padrão tv, o que não é surpresa considerando se tratar da Brain’s Brase, que tem seus problemas, mas consegue inserir boa qualidade em suas séries mais medianas. Gostei do roteiro adaptado por Makoto Uezu (o mesmo por trás de School Days e o excelente Katanagatari)  e parece que mantém o controle da história e não cairá nos erros do colega de Deadman Wonderland. Gostei do estilo de direção de Seiji Kishi e as poucas cenas de ação foram muito boas e os personagens, mesmo possuindo o velho protótipo clichê, são carismáticos. Kyouhei é o típico protagonista “fraco”, mas que tem uma força escondida dentro de si e mantém sua paixão “secreta” pela amiga de infância. Hibana a garota simpática e peituda, gostei bastante dela principalmente pelo fato de demonstrar ter o mínimo de inteligência e não estar ali apenas para o fanservice. Utao, a típica irmãzinha loli ciumenta que deverá deixar o pessoal que curte esse tipo de fanservice bem contente, o que resultará em muitos doujins, mas não espere encontrar isso no anime. E Aki é o manjado psicopata vazio e demente, não deverá ser um grande personagem, mas ao menos proporcionará diversão. Fora, os outros que devem ser introduzidos na trama. Não há calcinhas ou qualquer tipo de fanservice exposto (e censurado) até aqui e aparenta que não seguirá por este caminho.


Chiaki Ishikawa está impecável com sua "Fukanzen Nunsho", música da abertura de Kami-sama Dolls e que tem um tom bem latino e que combina com a animação colorida. Aliás, a animação é bem simples, verdade e composto por imagens - quase - estáticas de apresentação de personagens, mas eu gostei do resultado. Foi uma forma até inteligente de se utilizar os poucos recursos. O encerramento tem uma melodia agradável composta também por Chiaki Ishikawa, com apenas os personagens e preview do próximo episódio, nada que motive a continuar assistindo-a. Kami-sama Dolls  pode ser bem divertido afinal de contas e já me sinto tentada a voltar a ler o mangá. Mas claro, é apenas um “primeiras impressões” e a impressão deixada foi ótima, vejamos como eles vão desenvolver toda essa trama e seus personagens. 


15 comentários :

junior disse...

esse vai ganhar pela foto esse ai vai superar madoka magica na quantidade de hentais

Ichigo-chan disse...

ér,só teno uma duvida,Quem é o Kuga mesmo? .q

E ah,Roberta,não vai falar de Kamisama no Memo-chou????
O primeiro episódio foi muito bom!A Alice é uma personagem bem interessante,o anime tem um clima bem legal,e ainda por cima,o caso foi bem explicado e tudo mais,espero que voce fale sobre ele :)

reim_qq disse...

kuga é o principal. pra ser mais específico kuga deve ser o nome da família (a utao tb deve ser kuga)

Kekkaishi-san disse...

Seria legal se vocÊ falasse de Memo-chou, também gostei bastante. Kami-sama-Dolls vou continuar seguindo, gostei muito. Espero ver muitas lutas e assassinatos em serie

Eduardo disse...

Aparentemente promete, mas espero que o roteiro se fixe assim, pelo menos até a metade intercalando momentos de humor simples e não apelativo, com cenas de suspense, a la Higurashi, Umineko e afins...

*Quando vi aqueles caras do caminhão com o uniforme verdinho e bonezinho tampando o rosto pensei na hora "Só falta o nome da vila ser Hinamizawa..."

O Mundo escuro de Morringhan disse...

Não sei nada do mangá...mas também gostei do fato da galera ser maior de idade. Fiquei muito curiosa com a vila, ela parece ser bem estranha...Aquelas cenas do passado são fragmentos (do caos kkkk) que provavelmente só se juntarão no final...12 episódios? Nossa que pouco =(

P.S:Ainda tô esperando post sobre Kamisama no Memo-chou huahuahua

Jones disse...

Gostei do anime em geral, acho q é daqueles que deveria ser feito em 24 episodios, alias pensava o mesmo com o Deadman Wonderland. Mas se for 12 o negocio é esperar pra ver, super redundante o garoto, rs. Agora sobre o personagem Aki, acho que deixou bem claro que ele é apenas um produto do aterrador culto da vila e que provavelmente terá os dois últimos epis com uma luta entre os dois Kyouhei e Aki, mostrando toda a historia do passado de Aki e revelando a historia da vila. Alias já to atrás do maga rs.
Bju Carol, como sempre um ótimo post.

Roberta Caroline disse...

@Junior
huahuaahuahua, irá acontecer XD Só não sei se em proporções assim.

@Ichigo-san
Utao Kuga e Kyohei Kuga. Sobrenome dos irmãos.

@O Mundo escuro de Morringhan
Eu nem chegar a ler 1 volume completo, mas acho que Kamisama-Dolls cabe bem em 12 epispodios, com possibilidade pra mais, quem sabe.

@Jones
É, a abordagem do anime deve acabar sendo assim mesmo. Mas acredito que no mangá ele seja só a ponta do iceberg D: DW realmente deveria ter ficado com 24 episódios, mas devido a quantidade de personagens e tramas que a história tem.

@Todos
HUAHUAHUAAHU Falrei sobre Kamisama no Memo-chou sim, gente XD

Mary Vanucchi disse...

Eu nem pretendia assistir Kamisama Dolls. Nem sei o que deu em mim para apertar o botão de download. Só sei que não me arrependo =D

O legal foi ter uma boa introdução dos personagens junto de uma boa cena de ação e vários elementos que instigam a querer ver o próximo. Se continuar assim, a série vai longe; tenho a impressão de que pode ser o grande hit da temporada. (embora eu tenho dito a mesma coisa sobre [C], mas... Não custa supor, néah? ^^")

Trunks_Elk disse...

Ótimo post!! Achei Kamisama Dolls o melhor da temporada por enquanto, apesar de ainda não ter visto Usagi Drop.

Estou torcendo também pra que o anime se mantenha mais pro lado do mistério, e que não se perca no caminho. DD:

E destaque para Chiaki Ishikawa, com sua voz abençoada. <3
A OP e a ED estão muito ótimas, mas a ED não foi composta pela Chiaki?? o.o
Aliás, aquela musiquinha com vocal que toca quando aparecem os kakashi (espantalho? traduzido fica feio xD) são muito fodas!!! Acho que a voz é da própria Chiaki, o do Aki pelo menos tenho quase certeza!!
[/chiakifanboy]

Ventws disse...

De acordo com o site oficial do anime o Aki tambem é irmão do Kyohei ou pelo menos eles tem o mesmo sobrenome.Adorei Kamisama Dolls até agora é o anime que achei mais interessante da temporada.

Roberta Caroline disse...

@Trunks_Elk

É verdade, acabei me confundindo. Obrigado pelo feedback, já está corrigido.

Natália Fontanna disse...

Se lembra Higurashi, eu estou baixando. Acabei de assistir Higurashi, as 3 temporadas e curtir bastante. Assisti tudo em uma semana e meia.

Vigal disse...

Anime muito bom
se continuar nesse clima continuarei assistindo^^
Eu vi a abertura e reparei em algo...
Alguém também viu o Bandou de Elfen Lied?
Tinha um persona idêntico a ele!

Roberta Caroline disse...

@Vigal

Percebi a mesma coisa, mas achei que era coisa da minah cabeça uhahuahuahuahuaahu

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.