domingo, 10 de julho de 2011

Mawaru Penguindrum: Se renda você também!



Adão comeu a maçã proibida! AAAHH!!! Meu Deus! Desde a criação da raça humana o pecado se fez presente. O presente de um ser sobrenatural. Mas indo um pouco mais a fundo, na parábola mais conhecida do livro de Genesis, o que você pensa quando alguém lhe fala; “Adão comeu a maçã”?

Se há realmente uma existência digna de ser chamada de Deus, eu quero perguntar á ele uma coisa: Esse realmente é o destino no universo? Se um homem ignora o destino, e ignorou seus instintos e o DNA para amar alguém... Querido Deus. Ele é realmente humano? Basta saber. Eu odeio a palavra "destino".


Na trama, que até pouco tempo, nada se sabia a respeito, há três irmãos; os gêmeos Shouma, Kanba, a meiga e hiperativa Himari Takakura. Acontece que a garota tem pouco tempo de vida, já que possui uma doença terminal. No dia do seu aniversário, que foi denominado de “Himari Day” (o dia de Himari), a garota simplesmente cai a morre! CARALHO!!! @_@ Fudeo tudo, vai começar o chororó e o anime vai virar uma tragédia grega. Uma verdadeira sacarina.


HAHAHA! Não vai, não! Vai virar é uma “dramédia grega”. Uma entidade sobrenatural. Seu nome? Ringo Oginome (que em japonês quer dizer maçã, o fruto proibido).Sim, ela é Deus. E um Deus que aparentemente reside em um chapéu em forma de pingüim, e que devolve e prolonga a vida de Himari. Mas ações geram conseqüências e se Deus faz um milagre, ele espera algo em troca.


O “misterioso” anime dirigido, concebido e escrito por Kunihiko Ikuhara, brinca com o misticismo e a fantasia de uma forma contagiante e curiosa. O surrealismo adotado como forma de linguagem visual, sempre foi uma maneira genial de contar histórias. Claro, há os que são simplesmente “cascas vazias”, como Denpa Onna ou 30-sai no Hoken Taiiku, mas há aqueles que agregam algo á mais, como Furi Kuri (FLCL) e as anjinhas pervertidas, Panty e Stoking. Se Mawaru Penguindrum também terá um subtexto interessante? Só continuando assistindo pra descobrir. A marca Kunihiko se faz bem presente, assim como os delicados e espinhosos temas que ele já abordou em sua carreira, como por exemplo em sua obra máxima, Shoujo Kakumei Utena.


Mas aqui, visualmente é tudo mais “clean”, limpo de toda a obscuridade visual. Não se trata de um “Alice no Pais das Maravilhas”, mas visualmente é tão mágico e colorido, quanto. Com seu lado surreal e um roteiro bem trabalhado e disfarçado por como algo descompromissado com o surrealismo. Mas eu posso estar enganada. Afinal, esse texto é em cima apenas do primeiro dos 24 episódios previstos para o anime. Mas aguardo por algo tão louco quanto as “viagens” de Nanami, rival da Utena Tenjou em Shoujo Kakumei Utena. Posso estar exagerando no hype, sei lá. Só sei que assim como aconteceu com o Panina, em sua análise no Subete Animes, meu cérebro também saiu correndo (mas já encontrei ele, não se preocupem).


Por algum motivo, fiquei muito relutante em assistir a este anime. Mas graças ao hype formado inicialmente pelo @qwerty e depois toda onda de bons comentários da estréia no twitter, fiquei bem curiosa. Mas definitivamente, foi depois de ver os comentários completamente apaixonados da Rah em seu post no blog Special Days, que não pude mais evitar e acabei indo conferir o anime. Se alguém escreve com tanta paixão sobre alguma coisa, ao menos vale o mínimo da minha atenção.


Agora que todos viram Deus, Shouma e Kanba terão que descobrir o que é "Penguim Drum". Aliás, eu faço questão e anseio por saber as conseqüências n o roteiro depois que um dos gêmeos sucumbe á tentação e morde a maçã proibida. Polêmico? Corajoso? Honesto? Vamos conferir isso tudo no próximo episódio. E os delírios de Shouma, serão mesmo delírios ou será uma conspiração? Em Welcome to NHK! Satou Tatsuhiro cheira o pozinho mágico do capeta e a geladeira e vários seres inanimados começam a falar com ele, mas Shouma nem fumou e nem cheirou nada e começou a ver um pingüim, que o perseguia a todo lugar. WTF? Ele chega em casa e seus irmãos estão com mais 2 pingüins dentro de casa e agindo normalmente como se fosse a coisa mais natural do mundo. O QUEEEEE ESTÁ ACONTECENDO? Então, esse é o intrigante e surreal Mawaru Penguindrum. Assista e tire suas próprias conclusões.



Tecnicamente é absoluto e a animação é considerada por aqueles que vêem tudo que sai na temporada, como a melhor. E de fato é muito boa e fluida, Brains Base investiu mesmo no projeto. A arte é encantadora. Os personagens são incrivelmente charmosos e tendem a ter um blackground muito bacana. A trilha sonora também marca forte presença e apesar de não ter me impressionado, já mandou bem com a inserção de "ROCK OVER JAPAN" do Triple H. E aguardo pra ver se terá uma boa variação de OST e temas. A OP e a ED? Uma na vibe surtante de mahou shoujos e a outra é “Moulin Rouge” na veia. Bem animadas e conceitualmente, criativas. Este foi sem dúvidas uma das melhores estréias e ao meu ver, fica lado á lado com Usagi Drop. Muito bem dirigido e executado. Esperemos ser surpreendidos mais uma vez por Kunihiko Ikuhara. 

Update: Na verdade Ringo Oginome é a estudante que aparece olhando para Shouma.

Primeira OP é "Nornir", de Ruetsuko Yakushima Metropolitan Orchestra. A voz da vocalista é bem doce e gostosa de se ouvir *_*

20 comentários :

Natália Fontanna disse...

Tá certo então, eu acho que passaria bem longe desse anime, mas vou dar uma conferida e depois posto aqui minha opinião ;-;

Panino Manino disse...

Eu pirei na batatinha com esse anime.
Aquele monólogo inicial me fez perceber que tinha alguma coisa ali, mas não esperava que fosse tanto, com tanto simbolismo que realmente tem função na história e decisões dos personagens.

Além de ser uma comédia surreal e pastelão, ainda é filosófico! E ficou bem feito!

Que absurdo isso.

Panino Manino disse...

Eu pirei na batatinha com esse anime.
Aquele monólogo inicial me fez perceber que tinha alguma coisa ali, mas não esperava que fosse tanto, com tanto simbolismo que realmente tem função na história e decisões dos personagens.

Além de ser uma comédia surreal e pastelão, ainda é filosófico! E ficou bem feito!

Que absurdo isso.

junior disse...

nossa incesto nos dias de hojes no japao?
achei que eles estavan virando concervadores na tv.olha o blog mudou de novo agora ta mais inocente a aparencia

Roberta Caroline disse...

@Panina
Tomara que tenha bastante coisas escondidas e que dÊ margem á discussões. E se tratando da maravilhosa, acho que é certo esperar por isso

@Junior
Pois é né Junior, apesar da banalização do tema, vez ou outra surgem algumas abordagens interessantes. Mas acho que isso não será o grande foco, só mais um elemento a ser agregado.

E realmente, tá com uma aparência mais inocente mesmo e isso se reflete nos posts huahuahuaahu. Até quando será? D:

junior disse...

acho que vai durar ate as estreias de animes acabar.ou ate outobro.

junior disse...

e sobre a inocencia elfen lied conbina totalmente com isso.mesmo com as cenas de pedofilia,crueldade animal,violencia e nudez.mas a inocencia assim como em filmes como poltergeist pode ser mais pertubadora que a perversao

O Mundo escuro de Morringhan disse...

Não estava de planos assistir esse anime, mas fiquei curiosa depois da sua reação kkk Vou conferir para ver o que acho ;)

Jones disse...

Bah era um dos animes q eu ia dizer pra vc dar uma olhadinha hehe, mas já que vc já viu este, da uma olhada no Itsuka Tenma no Kuro Usagi parece ser interessante, msm porq o cara é atropelado por um caminhão e o gore é presente XD, mas tem bastante fanservice, to esperando pra ver em que direção vai seguir.
Agora sobre Penguindrum, é o mais bonito visualmente e a historia parece ser boa tbm, mas eu vou ver msm só porq me agrada os traços deste anime. Estou esperando muito dele, vamos ver no que vai dar.

junior disse...

um cara atropleado por caminhao isso me lenbra 3x3 eyes um classico

O Mundo escuro de Morringhan disse...

Nossa que estória estranha!O .o Mas o mais estranho é que também gostei. Há grandes chances de assistir esse anime até o fim. Me apaixonei pela músicas da op. e end. Mas fiquei chocada no final. Tá que eu já tinha sido alertada nesse post, mas como não aconteceu nada desse gênero no decorrer do episódio...logo isso na cena final?! O .O Até parei de respirar kkk Pensei que os animes estavam mais censurados ;) Ah o visual do anime é mesmo bacana. Mas se tem uma palavra no seu post que resume minhas impressões foi: SURREAL rs Mas por enquanto realmente vale a pena assistir.

Rei Ayanami disse...

Eu adoro esse humor aleatorio do Ikuhara. E gente, se liguém no lado oculto do anime que é bem interessante também. Apesar do apelo visual se destacar mais, há muito ali por trás esperando ser decodificado. Mesmo em Utena já tinha zilhões dessas mensagens ocultas. Infelizmente, Utena tem um baixo investimento, mas é ai que percebemos o talento artistico do camarada.

Ta-chan disse...

O____O <<<< minha reação quando o episódio acabou? Que obra prima é essa gentem?

Panino Manino disse...

Segundo episódio foi ainda melhor.

julio pq disse...

Vi os dois primeiros episódios e só tenho algo pra complementar: DORGAS MANO.

RHER disse...

Tipo, não vou dizer que é ruim, mas achei exageiro dizer "Este foi sem dúvidas uma das melhores estréias e ao meu ver, fica lado á lado com Usagi Drop". Existem muitos animes melhores, talvez não deste gênero mas mesmo neste domínio há uns que vencem estrondosamente, logo é difícil elogiar tanto este anime já nos dois primeiros episódios.

Kauê disse...

Ta aí outro anime que eu nem pensava em assistir, acho que vou dar uma chance, assim como Usagi Drop...

Roberta Caroline disse...

Você como bom observador e crítico, Kauê, acredito que possa vir a gostar bastante da abordagem desse anime e da forma unilateral que ele trabalha sua premissa, agradando a "gregos e troianos".

Kico7 disse...

AChei realmente bizarro o primeiro episódio, (o segundo também me deixou meio pirado) você citou as passagens mais religiosas, é legal como em cada blog que eu leio os blogueiros fazem uma leitura diferente de um único episódio (e todas tem coerência).

Kauê disse...

Aproveitei meu último dia de férias para conferir, principalmente pela reação da Panina ao assistir o primeiro episódio.

Não sei se é a melhor estréia da década, até porque foi o primeiro anime que assisti tão próximo do lançamento, e sem desenvolvimento para ver as reações alheias.

Senti potencial, mas com apenas 5% da série prefiro não idealizar nem diminuir o título. Dependendo do desenvolvimento ela pode se tornar um título expressivo na década ou uma decepção do tamanho da expectativa criada. Fato que vou acompanhar!

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.