terça-feira, 16 de agosto de 2011

ODEIO SPOILERS e DOMINO a arte das técnicas Matrix!


Eu odeio spoilers, e vocês? Bem, na verdade hoje em dia eu sou bem mais maleável no que diz respeito á isso, já que antes eu preferia ficar completamente alheia a tudo, era muito xiita. Mas hoje, em dias de Twitter e fóruns/Tumblr, é bem mais complicado. A bem da verdade, spoilers são uma faca de dois gumes, que pois podem tanto te deixar com tesão de assistir tal série ou simplesmente te fazer perder o interesse.  No geral, spoilers são coisas do demônio, aclamados e propagados por pessoas sádicas, mesquinhas e sem coração. Spoiler (em português literalmente significa espoliador, ou aquele que pratica expoliação – definição da Wikipédia) é um pedaço de informação sobre uma obra (seja mídia em vídeo, áudio ou impressa), seja algo relevante ou não.


Mio descobre algo que não deveria

Há diversos tipos de spoilers, que podem motivar, reduzir seu interesse ou simplesmente arruinar seu prazer de sentir determinada emoção ao se assistir ou ler algo. Até hoje guardo profundo rancor da pessoa que me espoliou um fato importante de Death Note, responsável pelo PLOT TWIST do enredo. Sério, eu não frequentava comunidades dos animes que eu pretendia assistir pra evitar acidentes, mas inevitavelmente spoilers tem o poder de surgir do nada e assim foi com Death Note, simplesmente um dos animes ou o anime mais espoilado pela galera.

WOW! O_o' Madhouse manjando das putarias em HOTD

Há o spoiler óbvio (whatever), aquele que se refere á séries antigas (inevitável, mas aqui há de se usar o bom senso) e o spoiler de novidades; que é o que fode com a vida da galera. Foi simplesmente impagável ver a mobilização da galera do twitter nos finais dos animes Madoka Mágica e Ano Hana (certamente os mais populares do ano até o momento). Alguns sumiram e só voltaram depois de terem assistido, outros foram mais corajosos e confiaram em suas incríveis habilidades de “efeitos especiais" no melhor estilo MATRIX, desviando de forma sagaz dos spoilers. A grande verdade é que quando você está no papel do desgraçado espoilador, é tudo mais divertido, pois quem sabe (ou já assistiu/leu/jogou) tal parte da série, quer mais gritar aos quatro cantos, discutir com os que já estão por dentro. Mas há os safadinhos que querem apenas se sentir superiores ou simplesmente pelo gostinho de trollar. Tudo bem, todos nós temos o demônio troll nos tentando. 

Series atuais e principalmente as que são adaptações, apenas com um peido, spoilers vem até você (@.@). Vide o atual anime, Steins Gate, onde ir no google imagens e digitar os  nomes do trio principal, é pedir pra ter acesso a fatos importantes do enredo. O mesmo vale pra séries antigas e de grande comoção. Madoka Mágica? Quem ainda não sabe o que acontece no terceiro episódio? Se não sabe, é porque vive numa bolha ou está fora do fandom. Neste caso ai, o spoiler é bom e ruim. Bom porque é a melhor sinopse do anime e ruim, porque você não vai sentir o mesmo que eu senti na grande virada do enredo. 

Mami, em seu grande momento, diante de Charlotte

A Universidade da Califórnia, San Diego, divulgou recentemente um estudo que vai contra tudo que agente sempre acreditou sobre spoilers , que saber fatos com antecedência pode aumentar o prazer, mesmo em enredos calcados pelo suspense e mistério.  –COMO ASSIM, CARAMBA?

O estudo foi feito por Christenfeld e seu coautor Jonathan Leavitt, que será divulgada na revista Psychological Science e devidamente já alardeada pelos quatro cantos da internets. Natural... natural, afinal, os caras botaram o dedo na ferida. Pegaram um grupo de 30 pessoas (divididas em dois grupos distintos) e deram a eles algumas histórias, em dois formatos diferentes, uma contendo spoilers e a outra sendo a versão original. Para a surpresa geral, todos os leitores preferiram a versão com spoilers (!!!). E olhe que entre os títulos, estavam autores como Agatha Christie, famosa pela extrema habilidade de construir mistérios, seja com foco no "quem matou" ou no "como foi que aconteceu". Mas e daí, não é mesmo? Essas pesquisas cada dia revelam menos a verdade e eu vou continuar mantendo uma distância saudável de alguns spoilers.

Trama de Death Note revelada em uma cena - L e Light são amantes, nunca desconfiou?

Verdade que muitas séries, filmes ou livros, podem ser revistos várias vezes e ainda se ter aquele prazer ou angustia ao reviver tudo aquilo novamente. Saber do que iria acontecer em determinada parte de Death Note, não me tirou nem um pouco a satisfação que foi assistir esse anime, mas o fator surpresa/choque inicial, acabou sendo prejudicado. Fora isso, o que senti foi uma incrível ansiedade em saber como aquilo tudo iria acontecer, como seria o desenvolvimento. E essa é a tarefa de um diretor, seja de filmes, animes ou o que diabo for. Sua função vai mais além do que criar uma resolução e apontar o verdadeiro culpado/se aquele casal vai ficar junto – exemplos. As tramas são muito importantes e através delas é que o clímax fica menos ou mais interessante. As tramas são um importante esqueleto para o enredo e funcionam como um gancho para o desfecho final. Apenas o desfecho em si, não se faz tão compensador, mas porque então evitamos tanto saber o que irá acontecer no "the end"?

Frederica Bernkastel e Lambdadelta -  quer saber como terminará Umineko no Naku Koro ni?

É verdade que saber como determinado evento que irá acontecer ou como determinada trama irá se encaminhar pode fazer muito mais sentido ao se assistir, fora que você tende a observar determinados detalhes que provavelmente não notaria assistindo pela primeira vez. Há quem não dá a mínima pra quaisquer tipos de spoilers, preferindo acompanhar o desenvolvimento e discutir antecipadamente com um pequeno grupo que também prefere viver loucamente sob efeito de spoiler. Eu não me importo em saber algumas partes não tão importantes da história, pois acabo ficando é ainda mais curiosa e ansiosa, me atendo aos detalhes. Mas quanto a pontos chaves – leia-se, momentos decisivos e cruciais – eu ainda prefiro me manter na ignorância, pois por mais bem desenvolvida que a trama seja, há o fator surpresa, que metaforicamente falando, é o momento que você goza absurdamente (nesse caso, tal trama já estava te provocando, te causando tesão e te deixando louca – ou louco).

"Não me dê spoilers, seu merda" - Mio e Yuuko


Nós queremos é sermos enganados (nesse caso especifico) e gostamos disso, que o autor nos ludibrie e apresente um desfecho sequer questionado ou tão simples que você jamais levaria em questão, mas que te faz exclamar: “Putz, então era isso? Como eu não percebi antes? Gênio” ou “PQP, jamais imaginaria algo assim, meu cérebro acabou de explodir (o_O’)” (mas veja bem, pode até trollar que ainda será divertido e surpreendente, mas não menospreze a inteligência de quem assiste).  E ai, você fica louco e sai gritando aos quatro ventos, abrindo sua válvula de escape. As séries focadas em mistério/suspense, são ainda mais complicadas de se lidar com spoilers, já que elas jogam com o fato de seu expectador/leitor estar na escuridão total. Nesse caso, ter conhecimento do ápice do enredo pode ser bem frustrante, já que você deixará a posição de jogador e se tornará um mero expectador.

Homura-chan - E se já soubéssemos tudo dessa personagem, desde o inicio?

Enfim, enigmas podem causar confusão e você acaba tendo que voltar em determinado ponto da história, para rever alguma informação. As pessoas que não sentem esse prazer, vão me desculpar, mas vocês são uns preguiçosos, hehehe. Como blogueira, tenho uma grande responsabilidade em mãos, pois tenho que usar do bom senso ao comentar e analisar determinada história. Tento me espelhar bastante nos queridos, Carlírio (do NETOIN!) e no Frutas Tropicais Panina (do Subete e Bambeando na Corda Bamba), que são mestres em fisgar a atenção do leitor, sem revelar praticamente nada do enredo. Mas há certas situações, em que o spoiler é o grande chamativo pra história, nesse caso convém se ter sabedoria para usá-lo da melhor forma possível, de modo que não cause dano ao leitor. Mas as vezes é bom poder se aprofundar na história e compartilhar o sentimento que se teve em determinado parte, mas nesses casos, você sempre encontrará o aviso de spoilers. Caso não haja, coloque o nome da infeliz pessoa no Death Note ou no site da Enma Ai. Bye, bye e não me deem spoilers, por favor. 

18 comentários :

Power Otaku ^_^x disse...

Artigo muito divertido de ler Betinha. Apesar de que o Spoiler do L e Light nem surpreenda, não tinha visto a cena. Seria legal ver isso passar na TV aberta hein? A Matéria ia ser: Primeiro beijo de personagens de desenho animado exibido na Televisão Brasileira.

Huahauahauahauahuahauahauhauahau

Pior que vc é safadinha, ficou dando Spoiler no Twitter de Steins;Gate. Merece umas chicotadas por isso viu U_______Ux"

Panino Manino disse...

Antes de ler, tenho que logo dizer uma coisa.
Fiquei muito chateado, e até decepcionado, com o site Gizmodo BR. Essa semana eles postaram lá sobre spoilers, com uma pesquisa que supostamente comprovava que saber antes não estraga a diversão. Pensem bem, se você já quer assistir, querendo saber ou não, você vai acabar assistindo. Você assiste sabendo de um detalhe, mas geralmente não sobe o resto do filme e como aquele spoiler acontece.
Realmente, há casos onde o importante é "como" acontece, e não "o que". Há roteiros construídos em cima disso, te revelando uma situação e mostrando como chegou naquele ponto.

Só que, querendo ou não, parte da surpresa (e diversão) vai-se embora você sabendo de antemão.
O ponto que me deixou chateado com o Gizmodo foi de querer forçar essa opinião deles ilustrando a reportagem com uma imagem composta de todos os mais famosos spoilers do entretenimento. Querendo ou não, muita gente que entrou lá viu coisas que não queria saber.
Por isso, só comentei para lembrar de um ponto fundamental naquela discussão que eles haviam esquecido: respeito.

É o respeito que deve vir em primeiro lugar, o que eles não tiveram pelos leitores deles. Pois, dessa forma, tudo que eles fizeram não foi uma discussão sobre o assunto, foi apenas aquela atitude cretina de alguns que se divertem acabando com a diversão dos outros, fazem essa brincadeira de mal gosto e se acham certos enquanto estão rindo.

E o que me decepcionou?
Apagaram meu comentário. Sumiu, desapareceu.

Eu, por mais que eu faça spoiler e me divirta muito com isso... eles são fake!
Sim gente, todos aqueles spoilers que eu fico espalhando por aí, como no tuítter no dia do spoiler, foram todos falsos, inventados.
Gosto de ficar imaginando a história, então transformo isso em verdade e jogo por aí para ver o circo pegar fogo. Já quase fui banido de fórum "por acidente" por conta disso. Não se estressem, por favor.

Roberta Caroline disse...

@Power
Really, seria até ironico o primeiro beijo gay na tv brasileiro, viesse de um... desenho animado, huehuehuehuhuehue. Mas não, é uma gif fake hehehe. Só pra chocar mesmo. Ah, verdade, soltei spoilers, mas eu avisei antes XP

Pessoa que coça e não consegue resistir UHEHUEUHEUEE (eu muitas vezes sou assim).

@Panina
Que coisa triste. Tem essa diferença ai, acho um desrespeito enorme dar spoilers sem avisar antes do que se trata e a pessoa desavisada acabar se fudendo. A pessoa tem que ir por vontade própria e não ser forçada. Infelizmente, muita gente se diverte em cima disso. Pior ainda sendo um site, deste porte, como é o caso do site citado por você (que aliás, não cheguei a ver. Acharia um absurdo). Jornais, revistas e tv soltam spoilers, mas normalmente eles escolhem a dedo o que por na manchete e na coluna avisam que se trata de um spoiler que pode comprometer seu entretenimento. Os que ficam mais a visa, são sempre os mais comuns e não costumam citar sobre o que se tratam, tipo; Um personagem querido vai morrer. Ator se despede de seriado, bla bla bla.

O respeito com seu leitor é importante e falta dele, apenas faz com que seu blog ou site, perca credibilidade. Ah, as suas brincadeiras são hilarias hehehehe, eu me divirto mais ainda com as pessoas que não caem nelas Q_Q

Daegar disse...

Artigo ótimo sem mais, iria mentir se não dou spoilers mas isso geralmente é algo que muitas das vezes sai sem querer em uma conversa entre um amigo ou outro, não por uma vontade imensa de trollar o cara, simplesme no calor da conversa vc acaba comentando algo sobre o enredo da série que ele não sabia porque ainda não chegou naquele momento, eu fiz isso uma vez com um amigo e ele não ficou brabo mas ficou curioso perguntou como ocorreria e disse pra ele assistir. A pesquisa tbm foi bem interessante não sabia dessa, enfim à muita coisa que preciso melhorar ainda, com meus textos pra evitar spoiles >_> coisa muito dificil pra mim. '-'

Roberta Caroline disse...

@Daegar
Verdade, nesses casos, acaba sendo inevitável e é perdoável. Já cometi muitos deslizes assim, seja por esquecimento ou por não ter conhecimento que a outra pessoa ainda não estava por dentro. Em conversas em grupos, isso sempre periga de acontecer, então o melhor é já deixar claro que você ainda não assistiu tal parte, antes que alguém revele @__@

Accelerator disse...

Artigo muito bom , é realmente chato quando o mistério resolvido é totalmente jogado na sua cara , mas tem vezes que o spoiler nem me irrita tanto assim, só me deixa com mais vontade de assistir, então eu não sou totalmente contra os spoilers.
Eu tento não dar spoilers a menos que a pessoa queira saber , mas algumas vezes eu me distraio e acabo falando algo que não devia , felizmente isso não acontece com frequência.
Eu dei um spoiler para um amigo meu que está começando a assistir Madoka, eu disse que que o Kyubei não é do bem e que ele é sinistro, com isso ele deduziu que o Kyubei é o vilão da historia e vive me falando que assistir Madoka perdeu a graça por que ele sabe que o Kyubei não é só um cachorrinho bonitinho .Isso realmente é um grande spoiler?Falar que o Kyubei é mais que um cachorro de olhos vermelhos estragaria mesmo o prazer de alguem quando esta assistindo Madoka Magica?Eu só disse que ele não é bonzinho e que ele é sinistro não revelei mais nada alem disso , eu cometi um erro tão grande assim ?

Mary Vanucchi disse...

Mary Vanucchi minha-conta-do-Google-não-entra says: Olha, pessoalmente não sou daquelas que se estressa muito com spoiler - às vezes, mesmo que te contem algo que acontecerá, ainda não deixo de aproveitar a forma como a coisa acontece na história. Mas respeito quem não gosta disso, por isso tento o máximo possível evitar spoilers no Twitter.

@Panino

Espalhar spoiler falso? Faz isso não. Tem muita gente inocente na internet. (Leia-se: eu acreditei em alguns. -w-')

Natália Fontanna disse...

Eu não gosto de spoiler, gosto de ser surpreendida. Sabendo o que vai acontecer, perde um pouco da graça. O mais legal é poder formular varias teorias e no manter a expectativa se elas vão ou não se realizarem. Muito bom post.

Kauê disse...

O spoiler é insignificante quando a obra é gigante e quando não estamos falando do gênero suspense, onde a solução do mistério é a força motriz da obra. Shakespeare nos conta o final trágico de Romeu e Julieta no prólogo. O suicídio de Werther em Goethe é também previamente cantado.

Nesse sentido, a pesquisa está certa quando diz que o percurso é muito mais valioso que as chaves do castelo. Tenho dificuldades de usar a mesma lógica para um Agatha Christie, mas acho o resultado dela bastante verossímil, pelo que conheço de psicologia social. Somos todos preguiçosos na maior parte do tempo, o que é entrópico e desafia, assusta. Não é a toa que novelas e filmes seguem a mesma reeceita de bolo, fazem tudo igual, e gozam de sucesso absoluto.

Eu não tiro o meu da reta! Antes de ouvir um disco que eu sei, será difícil, preciso respirar duas vezes e estar inspirado, pois os que já me são familiares são muito mais convidativos e meu cérebro, como uma criança, quer mais do mesmo. A diferença é que alguns se expõe um pouquinho no escuro para crescer.

Kauê disse...

Eu acho que falei bosta no comentário. Tava estudando psicologia social antes de entrar na net e acabei escrevendo sobre ela, mas não tem nada a ver. Queria dizer psicologia mesmo.

junior disse...

o seriado supernatural e o campeão disso toda fim de temporada antes de ver voce sabe de tudo, death note não tem spoyler afinal voce sabe de tudo para min ele ia ser melhor se voce descobrise quem era kira so no fim

Josi Machado disse...

Eu assisti Madoka Magica só no mês passado, e quando tava tendo o alvoroço e chuva de spoilers no twitter, eu não dei bola pq não tinha interesse no anime... Ainda bem que não lembrei enquanto assistia, pois acho que certos spoilers, a função da Homura por exemplo, mudariam meu ponto de vista completamente. Eu esperava que a Madoka logo se transformasse e nunca acontecia, essa expectativa seria outra expectativa quebrada.
Um fato curioso que me aconteceu foi quando assisti Itazura na Kiss, eu relutei um pouco pq o traço era feio, aí eu fui catar cenas no Google, pra que né... Vi cenas do último episódio! Mas eu resolvi interpretar que poderia ser um pensamento da personagem principal e tal, e enquanto assistia fiquei esperando aquela determinada cena, mas nesse caso não atrapalhou e gostei tanto do anime que já vi mais de uma vez.
E é isso mesmo, saber de spoilers tem dois lados, mas eu ainda prefiro fugir deles :)!

Lamb-Desu disse...

Eu ODEIO saber como vai terminar, mas até curto saber algumas coisas sobre o desenvolvimento. Saber tudinho que irá acontecer, perde um pouco da graça e verdade que depende muito do anime. Eu assistia tranquilamente Evangelion, mesmo sabendo como terminaria, não há nada de tão revelador ali mesmo.

Carlírio Neto disse...

Saudações

Sabe Roberta, o spoiler em si pode ser visto para alguns como fonte de pesquisa total. Geralmente, são pessoas cuja ansiedade não é controlada, e tudo acaba colocando-se à perder (em tese).

E sim: há também quem não goste de um spoiler, justamente por tirar toda a graça sobre aquilo que está vendo e/ou lendo. O fator surpresa desaparece e tudo fica na mesmice (em tese).

Não há segredos em nenhum dos casos (em meu poto de vista). Saber da informação central, do alicerce de uma história, é tudo muito importante. Contudo, saber "esconder" ou "camuflar" tais informações é melhor ainda.

E muitas oportunidades um spoiler torna-se inevitável. Mas quando se faz possível controlá-lo, a história muda de figura e o que seria tratado como um spoiler pode ser definido como "pergunta à ser respondida".

Se os textos de meu blog (as reviews de animes) conseguem não transmitir nenhum spoiler (como citaste), é uma questão de observação mais profunda por parte de quem lê os referidos textos (sou grato por tal observação de sua parte). Mas existem oportunidades em que é demasiadamente complicado chegar à tal resultado...

Acho que o seu texto reflete um pouco da minha forma de pensar à respeito do assunto. Mas fica uma dica: no geral, um spoiler bem feito (e se possível "escondido") pode ser um grande aliado...


Até mais!

O Mundo escuro de Morringhan disse...

Eu tenho péssima memória e desvio de atenção logo Sopiler nem me comprometem porque esqueço 80% dele assim que termino de ler ha-há (tá exagerei um pouco... o.O)

SHiN™ disse...

Não concordo quando as pessoas dizem que saber a história não tira a graça de uma obra, o maior exemplo disso é ver animes cuja história você já acompanhou no mangá, no primeiro momento você fica animado, impressionado com a animação, os efeitos, mas depois tudo vai ficando chato, e geralmente o anime se torna a última opção para assistir.

M.A.C. (Maik Alves) disse...

Olha eu, que não costumo comentar, aqui.
Para mim, spoilers são irrelevantes.
Eu consigo saber de algum acontecimento e depois, na hora de assistir ou ler, isso não me atrapalha em nada.
Mas acho que isso é uma exceção, aja vista que quase todo mundo que conheço se incomoda com spoilers.
Enfim, só queria mesmo comentar o assunto um pouco já que o mesmo é tão interessante (para mim ao menos).
Valeu Roberta-chan. Você é demais.

Anônimo disse...

Eu sou o mestre do spoiler, já fui spoilado em Bleach, Game of Thrones, até em Pokemon! Hunter X Hunter e Fullmetal Alchemist foram os piores!

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.